495450580893305
top of page
  • Linkada News

Alunos soldados da PM fazem atividade de Páscoa com crianças de Colombo



Ao todo, 150 crianças com idade entre 2 a 6 anos tiveram uma surpresa na tarde desta quarta-feira (23). Elas receberam a visita dos alunos do Curso de Formação de Soldados (CFSd) do 22º Batalhão de Polícia Militar (22º BPM), pertencente ao 6º Comando Regional de Polícia Militar (6º CRPM), que além de fazerem atividades educativas e brincadeiras, também entregaram chocolates aos pequenos em virtude da Páscoa. O evento aconteceu no Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Pequenos Brilhantes, no município de Colombo. De acordo com o Coordenador do CFSd do 22º BPM, capitão Darany Luiz Alves de Oliveira, o objetivo do evento é mostrar aos alunos a importância que ações da Polícia Militar tem perante a comunidade. “Também queremos colocar os alunos a par das dificuldades que a população passa, por isso escolhemos esta instituição que pertence à área da UPS Vila Zumbi e Liberdade onde já fazemos um trabalho diferenciado”, explica.


Ainda segundo o capitão Darany, a atividade, que contou com pintura no rosto, desenho, modelagem de massinha, dentre outras ações, foi voltada para as crianças carentes. “Muitas delas [crianças] talvez nem poderão ganhar chocolates de seus pais e esta é uma oportunidade de trazer alegria para elas”, acrescenta. Para a aluna soldado Margareth Damaceno de Melo, de 29 anos, a ideia surgiu devido a matéria de Policiamento Comunitário que é ministrada no CFSd. “Entendemos a importância de não só protegermos a comunidade como policiais, mas também como cidadãos. Precisamos abraçar esta causa em prol das crianças. A doação do chocolate é uma forma de adoçar a vida e também de trazer alegria para elas”, afirma. A Diretora do CMEI Pequenos Brilhantes, Josilda Fernades, elogiou e parabenizou a Polícia Militar pela iniciativa. “Fiquei muito emocionada, porque é difícil termos eventos como este para nossas crianças, então quando ocorre abraçamos a causa. A atividade abrangeu o pedagógico e a parte lúdica. No começo as crianças estranharam, mas aos poucos foram se soltando. Esta interação é muito importante para que a relação entre comunidade e polícia seja cada vez melhor”, ressalta.


“Este trabalho com as crianças é uma forma de tirar um pouco aquela imagem negativa da Polícia Militar que muitas crianças ainda tem, principalmente aquelas que moram em comunidades carentes. Ao invés de termos uma polícia apenas ostensiva precisamos ter uma polícia próxima da população e das crianças, que são o nosso futuro, para que elas possam confiar em nós e termos uma relação de amizade”, destaca o aluno soldado Carlos Augusto Oliveira, de 33 anos. A atividade foi idealizada pelo 22º BPM para que os alunos soldados pudessem ter um contato com a comunidade da região. O Policiamento Comunitário faz parte da grade curricular como uma das matérias do Curso de Formação de Soldados (CFSd). "Este evento visa cumprir uma doutrina de aproximação com a comunidade determinado pelo Comando-Geral e que vem sendo seguido pelo 22º BPM. Queremos que o policial militar, já em sua formação, tenha contato com a comunidade. Esta ação social foi feita com muito carinho e fomos recebidos de uma maneira muito atenciosa por todos. É importante que o aluno soldado tenha esta integração com as pessoas do local onde ele atua", explica o Comandante do 22º BPM, tenente-coronel Maurício César de Moraes.

(Fotos: Cabo Valdemir da Luz)


1/4
1/1

1/10

1/1

1/1
bottom of page