495450580893305 Bombeiro Comunitário de Campina

Bombeiro Comunitário de Campina


Inaugurado em setembro de 2004, o Posto Integrado do Bombeiro Comunitário de Campina Grande do Sul trabalha focado no pronto atendimento das ocorrências dando também apoio as ações realizadas pela Defesa Civil que atende também o vizinho município de Quatro Barras.

A unidade que este ano completa 10 anos, foi implantada por meio de um programa estadual do governo Requião, que consiste na parceria dos municípios que custeiam os investimentos em infraestrutura e dos equipamentos necessário para a prestação desse tipo de serviço na região. A estrutura foi implantada no terreno cedido pelo município de Campina Grande do Sul e conta com um efetivo de nove agentes, um caminhão de combate a incêndio e um veículo para transporte de materiais. Um bombeiro militar, na função de gestor, atua para garantir o atendimento à população 24 horas por dia. Os agentes, selecionados e contratados pela prefeitura atuam com base nos treinamentos específicos oferecidos pelo Corpo de Bombeiros do Paraná.

Periodicamente as unidades são supervisionadas pelos bombeiros militares. A Polícia Militar também presta auxílio em determinados atendimentos. Anteriormente, a cidade dependia do atendimento dos Bombeiros de Curitiba ou de Piraquara, o que inevitavelmente atrasava o atendimento. Desde que foi implantado o Posto de Atendimento do Bombeiro Comunitário no município, o apoio às ocorrências passou a ser realizado de maneira mais rápida devido a localização estratégica, próximo ao Hospital Angelina Caron, que possibilita o encaminhamento imediato da vítima ao ambiente hospitalar.

Um dos líderes de equipe, Diogo Rogério Bandeiro, explica que além do atendimento telefônico local, em caso de emergência é aconselhável entrar contato direto com o 193. “Se os agentes estiverem em atendimento, não haverá ninguém para atender a ocorrência. Portanto se ligarem na 193 da Central de Operações dos Bombeiros (COBOM-193), eles irão encaminhar ajuda do posto de bombeiros mais próximo”, explica.

Foto: Adilson Santos

#bombeirocomunitáriodecampina

1/1

1/1

1/3

1/1

1/6