495450580893305 Cão aterroriza moradores de Colombo

Cão aterroriza moradores de Colombo



Alguns moradores de Colombo têm enfrentado uma rotina de medo por causa de um cachorro. O problema, segundo eles, é nos arredores da rua João Petenusso, no bairro Campo Pequeno. Os relatos são de que o animal, da raça Rotlweiler, tem família, mas é extremamente violento e fica solto nas imediações e já matou pelo menos sete outros cães das redondezas.

Um outro morador que também não quis revelar o nome conta que, mesmo quando o portão da casa está fechado, o cachorro pula o muro, já que está acostumado a ficar na rua. E solto, ele amedronta quem passa a pé pela região.

A presidente da Sociedade Protetora dos Animais, Soraya Simon, explica que, em casos assim, a responsabilidade é inteiramente da família. Ela esclarece que deixar qualquer o cachorro solto na rua é crime e que os tutores podem responder por isso. A presidente orienta ainda sobre outras providências que os vizinhos podem tomar para tentar resolver a situação.

Nós procuramos a Polícia Militar e repassamos a reclamação dos moradores de que as equipes já foram lá e não resolveram o problema. Por telefone, a assessoria de imprensa informou que, em situações como essa, os policiais apenas orientam os moradores porque só podem registrar Boletim de Ocorrência caso seja constatada agressão contra pessoas. A Corporação esclareceu ainda que denúncias de animais soltos devem ser recebidas e investigadas pelo município.

Já a prefeitura de Colombo disse que não havia sido informada e que, diante das denúncias, vai encaminhar uma equipe de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente ao local ainda hoje, no início da tarde. No local, os técnicos vão apurar os fatos e, caso o problema seja verificado e não possa ser resolvido pelas vias convencionais, o Ministério Público pode ser acionado. A administração municipal pede também que as reclamações sejam feitas pelo telefone 3656-4849.


1/1

1/1

1/3

1/1

1/6