495450580893305 Caminhoneiro forja assalto em Campina e câmeras de posto revelam a mentira

Caminhoneiro forja assalto em Campina e câmeras de posto revelam a mentira



O caminhoneiro Emerson da Silva Duarte, que transportava uma carga de chocolates Nestlé acabou preso por policiais civis de Campina Grande do Sul nesta terça-feira (2). Conforme investigação feita pela delegacia local, o motorista do caminhão forjou o próprio assalto para vender a carga. O crime foi descoberto depois que o homem chegou na delegacia para registrar o Boletim de Ocorrência.

A suposta “vítima” relatou aos policiais que teve a carga, avaliada em R$ 300 mil, roubada durante um assalto registrado em um pátio de combustíveis do Jardim Paulista.

Após averiguar as imagens das câmeras do local, a polícia constatou que a história era falsa, já que durante o período as câmeras mostraram o motorista conversando tranquilamente com uma segunda pessoa, e em seguida, entrando em um veículo no pátio do posto. “A ideia era deixar o caminhão no posto, embarcar no carro, e em seguida retornar para dizer que o caminhão havia sido deixado no local”, contou o delegado responsável pelo caso, João Marcelo Renk.

Descoberta a farsa, o caminheiro que ainda permanecia na delegacia confesou a mentira e disse que vendeu a carga próximo da residência aonde mora, em São Paulo, e de lá veio com o caminhão vazio até Campina Grande do Sul. O motorista disse que receberia cerca de 30% do valor da carga.

Duarte permanece preso na Delegacia de Campina Grande do Sul à disposição da justiça e e deve responder por falsa comunicação de crime, estelionato, associação criminosa e furto qualificado. A polícia investiga agora o envolvimento de outras pessoas no crime.

(Foto: Divulgação)


1/1

1/1

1/3

1/1

1/6