495450580893305

Campina: bonificação aos educadores e Orçamento 2018 são aprovados em duas sessões extraordinárias



Mesmo em período de recesso parlamentar, a Câmara Municipal de Campina Grande do Sul vem realizando reuniões extraordinárias a fim de votar importantes projetos de Lei, com destaque a duas propostas que foram a plenário recentemente: uma que trata sobre a bonificação de educadores da rede municipal de ensino e outra do projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício de 2018, aprovado na última segunda-feira (22).

Bonificação aos educadores infantis

A primeira proposta, votada em sessão extraordinária da última terça-feira (16) tem como intuito a valorização dos servidores que atuam no cargo de educador infantil, profissional responsável em dar apoio e auxiliar os professores da rede municipal de ensino. O projeto, de autoria do Executivo Municipal, estabelece um sistema de gratificação com base em resultados no valor próximo a R$ 100,00 mensais para o educador que se empenhar em elaborar atividades de cunho extraordinário e educacional.

Segundo vereador e presidente do legislativo, Sergio Cavagni (Serginho - PR), essa medida vem regulamentar e ao mesmo tempo incentivar os profissionais da área. "Esse trabalho em conjunto que estamos fazendo com o executivo é uma forma de valorizar e dar o incentivo aos educadores, nosso intuito é reconhecer aqueles que já tem um histórico de bom rendimento e motivar todos". disse.

LOA 2018

Durante sessão extraordinária desta segunda-feira (22), os vereadores de Campina Grande do Sul aprovaram o projeto da Lei de Orçamento Anual (LOA) para o exercício de 2018. De autoria do Poder Executivo, o projeto Nº 49/2017 estima um orçamento total de mais R$ 162 milhões divididos em despesas entre o Executivo, Legislativo e Previcamp.

Segundo o projeto, a secretaria que prevê o maior gasto em 2018 será a Educação com mais de R$ 38 milhões, seguidos da Secretaria de Infraestrutura, Meio Ambiente e Logística (cerca de R$ 25 milhões), Secretaria de Saúde (cerca R$ 21 milhões), e Secretaria de Administração, Finanças e Planejamento (pouco mais de R$ 19 milhões). Dentro do LOA ainda, se destaca o orçamento de mais de R$ 9 milhões para a Secretaria de Desenvolvimento Social e Família e o Legislativo (R$ 5 milhões).

Nessa terça-feira (23) o projeto foi encaminhado ao prefeito Bihl Zanetti para ser sancionado a partir da publicação no Diário Oficial (Jornal União).

Confira a abaixo a relação dos gastos previstos com cada secretaria:

Sec. Governo e Comunicação R$ 2.446.000,00

Procuradoria Geral do Município R$ 2.137.000,00

Sec. de Administração, Finanças e Planejamento R$ 19.000.280, 16

Sec. de Educação R$ 38.389.133,40

Sec. de Saúde R$ 20.822.000,00

Sec. Infraestrutura, Meio Ambiente e Logística R$ 24.767.581,00

Sec. Desenvolvimento Social e Família R$ 9.351.000,00

Sec. Desenvolvimento Econômico R$ 2.361.000,00

Sec. Projetos, Engenharia e Urbanismo R$ 1.174.000,00

Sec. Ordem Pública e Segurança R$ 5.760.000,00

Sec. Esportes, Lazer e Juventude R$ 1.667.000,00

Sec. Cultura R$ 1.058.000,00

Sec. Política Para Mulheres R$ 186.000,00

Total Despesas do Executivo R$ 129.118.994,56

Legislativo R$ 5.233.800,00

Previcamp R$ 27.439.391,21

Total de Receitas R$ 162.411.893,61

Emendas parlamentares

O projeto da LOA, recebeu também doze emendas complementares propostas pelos vereadores. Em comum acordo, a prefeitura abriu um excedente no orçamento e repassou o valor de R$ 60 mil para cada legislador, a ser destinado a obras, aquisição de equipamentos e demais melhorias no município.

Dentro da proposta, cada vereador ficou a cargo de destinar o valor para a área que considerasse importante. Alguns parlamentares uniram os valores propostos e propuseram emendas conjuntas, como foi o caso do vereador Sergio Cavagni e Amarildo, e Anderson Cardoso e Venício Ferreira. Veja abaixo como cada vereador destinou o valor.

Cleverson Dalprá

R$ 15 mil destinado ao transporte de calcário;

R$ 45 mil destinado a reforma da praça junto ao terminal central, em frente ao Colégio Campos Sales.

Serginho e Amarildo

R$ 80 mil para aquisição de um veículo de transporte com adaptação para cadeirantes;

R$ 40 mil pra construção de uma rotatória na região do moradias Timbu e Eugênia Maria.

Lucas Senhem

R$ 60 mil para aquisição de equipamentos para o Teatro Municipal

Carol

R$ 40 mil para aquisição de equipamentos para o Teatro Municipal;

R$ 20 mil para a Secretaria Municipal de Política para Mulheres.

Geraldo Vakinha

R$ 30 mil para construção de uma pista de caminhada no bairro Santa Rita;

R$ 30 mil para realização de consultas e exames à Secretaria de Saúde.

Cilon Junior

Aquisição de cobertura para pontos de ônibus para a região do interior.

Anderson Cardoso e Venicio Ferreira

R$ 120 mil para obra de drenagem de água pluvial no bairro Santa Rosa.

Felipe Veiga

R$ 60 mil para aquisição de equipamentos para praça do CEU, na região do Eugênia Maria.

(Foto: Adilson Santos)


1/1

1/10

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/2