495450580893305 Campina novamente é destaque no Prêmio Agrinho

Campina novamente é destaque no Prêmio Agrinho


Campina Grande do Sul se destacou mais um ano na premiação do Projeto Agrinho.

Neste ano os prêmios conquistados foram o 1º lugar na fase regional da categoria “Desenho Educação Especial” conquistado pelo aluno Daniel de Andrade dos Santos, da Escola Municipal José Eurípedes Gonçalves. Na categoria “Escola Agrinho”, a Escola Antônio José de Carvalho conquistou o 1º lugar na fase Regional e o 2º lugar na fase Estadual. Campina Grande do Sul ainda conquistou o 3º lugar na fase regional da categoria “Município Agrinho” e o primeiro e segundo lugares na fase regional da categoria “Experiência Pedagógica”.


Experiência pedagógica

Professoras de Campina Grande do Sul receberam o primeiro e segundo lugar na fase regional da categoria “Experiência Pedagógica”.

O primeiro lugar foi conquistado pela professora Mirla da Rosa Colis, da Escola Municipal Lucídio Florêncio Ribeiro. Ela trabalhou junto de 25 alunos da 1ª série o tema “Do arado ao drone: a tecnologia que nos une”. Os avanços no campo e como isso colaborou com o bem-estar do produtor e aumento da produtividade foram analisados no projeto e a construção de diversos utensílios como arado, enxadas e drones feitos pelos os alunos com o auxílio de seus pais e a visita a uma propriedade de agricultura familiar do município ajudaram a dar mais veracidade ao tema.

O segundo lugar ficou com a professora Fabiane Gomes Canestraro, da Escola Municipal Augusto Staben. Fabiane identificou entre os 26 alunos do 2º ano problemas como alimentação inadequada, falta de atividades físicas e descanso desorganizado pelo uso desmedido da internet. O próximo passo foi a construção de um jogo criado com o encarte do Programa Agrinho chamado “Caminho de qualidade de vida no campo e na cidade” e um quebra cabeça educativo gigante. Outra ação de seu projeto foi a criação de uma horta na escola, que incentivou a criação de outras nas casas dos alunos, que também visitaram um produtor de hortaliças do município.

Sobre o projeto Agrinho

O Programa Agrinho completa 19 anos de trabalhos no Paraná. Criado com o objetivo de levar informações sobre saúde e segurança pessoal e ambiental, principalmente às crianças do meio rural, anualmente o programa envolve a participação de mais de 1,5 milhão de crianças e aproximadamente 80 mil professores da educação infantil, do ensino fundamental e da educação especial, estando presente em todos os municípios do estado. O programa é resultado da parceria entre o SENAR-PR, FAEP, o governo do Estado do Paraná.

(Foto:PMCGS)


1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/7

1/5

1/6