495450580893305 Caso João Rafael completa dois anos e mistério continua

Caso João Rafael completa dois anos e mistério continua



Um mistério que parece não ter solução. O caso João Rafael completou dois anos nesta segunda- feira (24). A criança de apenas dois anos, desaparecida no dia 24 de agosto de 2013, ganhou repercussão nacional. Mesmo após várias buscas, investigações e utilização de todos os recursos possíveis, o caso ainda segue sem uma resposta.

O menino João Rafael Kovalski, foi visto pela última vez em uma chácara do município de Adrianópolis, enquanto brincava próximo a um rio. Tempo depois, a mãe sentiu a falta da criança e desesperada notificou o desaparecimento do filho. Dias depois, um boné foi encontrado a cerca de 300 metros da casa, mas familiares descartaram que o objeto fosse do João Rafael.

Desde seu desaparecimento, várias hipóteses foram levantadas como dele poder ter sido levado para a Holanda, entre muitas outras. A última hipótese levantada era de que a babá poderia ter seqüestrado o menino, mas a possibilidade não foi confirmada. A Secretaria de Segurança Pública do Estado realizou uma nova varredura em Janeiro deste ano na região, mas nada foi encontrado.

A mãe, Lorena Cristina Conceição Santos, se tornou um símbolo de luta e batalha até hoje para que o caso não caia no esquecimento. Nesta segunda- feira (24), Cristina postou em sua rede social Facebook, uma frase demonstrando o sentimento de saudade. “Saudade minha vida, saudade, saudade mata, mata, mata. Eu só queria você meu amor. Saber como está, com que tamanho está, se está sorridente como sempre foi. Amor da mãe, que saudade, que saudade minha vida”, disse.


1/1

1/1

1/6

1/1

1/1