495450580893305

Denúncia: evento particular em Piraquara tem serviços de ambulância da Prefeitura de Quatro Barras

Atualizado: há 3 dias

Uma competição de cavalos reuniu cerca de 400 pessoas na Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM) localizada no bairro Planta Deodoro, em Piraquara, durante o último sábado (12). O evento, que foi liberado apenas aos participantes devido à pandemia, acabou causando aglomeração e envolvendo até servidores públicos de Quatro Barras.


A denúncia sobre o caso chegou ao Linkada News através de uma pessoa, que não quis se identificar, mas esteve no local junto de uma equipe para fazer fiscalização. A fonte relatou que chegando ao evento percebeu, além da aglomeração, a presença de servidores e de uma ambulância pertencente à Secretaria Municipal de Saúde de Quatro Barras. “Questionei o responsável sobre como tinha conseguido a ambulância, ele entrou em pânico e disse que foi o pessoal do Covid”, afirmou.


Foto: Colaboração/whatsapp Linkada News

Além da ambulância e dos dois funcionários públicos de Quatro Barras, estavam no local estagiários de uma faculdade da região de Curitiba. Pelo fato de ser um evento particular e não público, a presença de um veículo pertencente ao poder público de Quatro Barras no local pode ser considerada improbidade administrativa e os responsáveis deverão responder por este crime.


Em entrevista concedida ao Linkada News, o vereador Wagner Pertel dos Santos (Waguinho), do Podemos, afirmou que também teve acesso a uma denúncia anônima sobre o caso e que a situação já está sob conhecimento de alguns vereadores. Além disso, o parlamentar comentou sobre os próximos passos que serão tomados a respeito do assunto. "Vamos nos reunir com o jurídico da Câmara na manhã desta quarta-feira para verificar a melhor forma de como conduzir a denúncia e, a partir daí, tomaremos as medidas necessárias", disse.


A reportagem do Linkada News também entrou em contato com a Prefeitura de Quatro Barras questionando sobre quais serão as medidas tomadas sobre o caso e aguarda resposta.

(Fotos: Colaboração/Whatsapp Linkada News)


1/1

1/10

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/2