495450580893305

Efeito dominó: comércios deixam Quatro Barras e alegam falta de apoio da prefeitura

Atualizado: Jun 22

Alguns comércios que já estavam há anos em Quatro Barras acabaram fechando as portas nos últimos dias e migrando para outros municípios. O motivo do encerramento das atividades na cidade seria a falta de amparo por parte da administração municipal, especialmente, em meio à pandemia do novo coronavírus que o mundo vem enfrentando e que acabou afetando o rendimento econômico de muitos estabelecimentos.


Um dos empreendimentos que saiu de Quatro Barras e agora encontra-se em um novo endereço foi o Casarão Empório Rock PUB. O espaço, que trouxe grandes nomes da música para o município, como o cantor Supla, o grupo Big Time Orchestra e a banda Relespública, entre outros, estava instalado na cidade desde 2018 e anunciou o seu fechamento no início desta semana.




O dono do estabelecimento, Anderson Mattos fez um vídeo explicando o motivo do encerramento das atividades no município. Segundo ele, a equipe do Casarão tentou manter o local aberto na cidade durante os últimos meses, mesmo sem o apoio da administração municipal. “Espero que um dia possamos retornar com o apoio devido da Prefeitura e das outras autoridades, para que possamos de volta ter o Casarão em Quatro Barras”, afirmou.


Outro comércio que também fechou alegando falta de auxílio por parte da Prefeitura de Quatro Barras foi a V Motos. Um dos responsáveis pela loja também gravou um vídeo fazendo um desabado sobre a situação. “Isso daqui é uma das coisas mais tristes que se pode ver. Uma empresa deixar Quatro Barras, porque não está recebendo apoio, mas paciência, é assim que as coisas funcionam”, disse.


Alguns empreendimentos estão temporariamente suspensos devido ao modelo de decreto publicado pela prefeitura municipal, como é o caso da tradicional e bem frequentada Casa do Pastel, que sem condições de atendimento ao público deve voltar ao atendimento após este período estabelecido pelo poder público local.


A reportagem do Linkada News entrou em contato com a Prefeitura de Quatro Barras questionando sobre as alegações feitas pelos empresários e aguarda o retorno da resposta.


1/1

1/10

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/2