495450580893305 Força Nacional auxilia Polícia Rodoviária Federal em Quatro Barras

Força Nacional auxilia Polícia Rodoviária Federal em Quatro Barras



Na manhã desta quarta- feira (25) homens da Força Nacional de Segurança chegaram ao Paraná para auxiliar a Polícia Rodoviária Federal (PRF) no acompanhamento dos bloqueios nas estradas federais do estado, iniciados no dia 13. Um grupo se deslocou para Quatro Barras. As tropas estão concentradas em Cascavel, no oeste e em Guarapuava, na região central. A Força Nacional não devem agir por enquanto, apenas darão apoio aos agentes federais.

Em alguns trechos da BR- 277 como em Guaraniaçu e em Laranjeiras do Sul, e da BR- 163, em Marechal Cândido Rondon, foram liberados após negociação entre a PRF e os caminhoneiros. Em Medianeira, equipes convenceram os manifestantes a liberaram o trânsito para todos os veículos por volta das 14h.

Reivindicações

A paralisação já chega a pelo menos 9 estados do país. Caminhoneiros fazem paralisação e mantêm bloqueio de rodovias nesta quarta- feira (25). A categoria reivindica, entre outros itens, diminuição no preço do litro do óleo diesel e aumento no valor dos fretes. Outro pedido feito pelos caminhoneiros é que o governo prorrogue o prazo de carência das dívidas contraídas por meio do programa Pró- caminhoneiro, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

A Advocacia-Geral da União protocolou ações na Justiça Federal dos estados onde houve o bloqueio de rodovias. A AGU pediu que a Justiça conceda liminar (decisão provisória) para que as estradas sejam desbloqueadas e para que seja imposta uma multa de R$ 100 mil por cada hora em que a decisão for descumprida.

Tentativa de acordo

Na manhã desta quarta, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Miguel Rossetto, marcou um encontro com sindicatos e representantes dos caminhoneiros. A reunião para negociar o fim das interdições deve ocorrer às 14h no Ministério dos Transportes. Ao comentar os pleitos dos caminhoneiros, o ministro Rosseto disse que não está na pauta do governo a alteração no preço do diesel e defendeu diálogo entre caminhoneiros, empresários e poder público.

(Foto: G1 PR)


1/1

1/1

1/3

1/1

1/6