495450580893305

Foragidos da PEP 1 em Piraquara fazem família refém em Quatro Barras



Dois suspeitos de serem fugitivos da Penitenciária PEP 1, em Piraquara, invadiram uma residência e fizeram uma família refém na noite desta terça-feira (17) no bairro Jardim das Acácias, em Quatro Barras. Na ação, os criminosos fugiram levando o veículo de passeio modelo Prisma, pertencente à família.

Segundo informações repassadas pelas vítimas à Polícia Militar, os criminosos renderam mãe e filho de 15 anos no interior da casa após quebrarem o vidro e amarrarem as vítimas com uma corda. Em seguida, eles pediram a chave do carro dizendo que iriam para o estado de São Paulo. Antes de se evadirem do local, a dupla exigiu ainda uma certa quantia em dinheiro para que pudessem abastecer o veículo durante a viagem.

De acordo com a PM, os dois elementos, um deles de posse de armamento longo similar a uma metralhadora, tiveram acesso à casa por meio de um matagal, ambos trajando roupas sujas e rasgadas. Mesmo com as mãos amarradas para trás, um dos reféns conseguiu acionar o 190 da Polícia Militar que foi até o endereço, mas não encontrou os suspeitos. Quando os policiais chegaram, se depararam com as vítimas ainda amarradas em um dos cômodos da residência.

Descrição dos suspeitos


Através da descrição física repassada pelas vítimas à Polícia, os dois criminosos seriam os mesmos que encontram-se foragidos do Complexo Penitenciário Piraquara desde o último domingo (15). São eles: Marcos Orelio Maudas, 41 anos, condenado por tráfico e assalto a bancos em Curitiba, e Reginaldo Vieira de Brito, de 35.

A Polícia acredita que parte dos fugitivos ainda esteja escondida pela região e pede cautela da população, já que esse foi o segundo caso similar registrado desde a fuga dos detentos.

Guarda Municipal captura fugitivo


Cerca de duas horas antes a situação dos reféns, por volta das 20h, a Guarda Municipal de Quatro Barras tirou de circulação mais um dos foragidos da Pep I, em Piraquara. CLIQUE AQUI para ver a reportagem.

(Fotos: Divulgação)


1/1

1/10

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/2