495450580893305
 

Governo não apresenta proposta e greve dos professores continua



A greve dos professores da rede estadual de ensino do Paraná, que está no 16º dia, ainda continua por tempo indeterminado. Em reunião pela manhã, no Palácio das Araucárias, em Curitiba (PR), representantes de servidores e dos professores, discutiram com a secretária de Administração, Dinorah Nogara, a pauta de reivindicação, por mais de duas horas.

O governo, segundo a diretoria da APP, pediu um prazo até o dia 19, para apresentar uma proposta aos docentes. A entidade pediu ao governo que entregue a proposta até a próxima quinta-feira (14) para discutir em assembleia prevista para sexta-feira (15) ou sábado (16).

Os professores pedem o reajuste mínimo de 8,14% referente ao IPCA e o Piso Nacional da categoria, de 13%, retroativo a janeiro, além da suspensão do projeto de lei que alterou a Paranaprevidência, cuja votação provocou os confrontos do Centro Cívico, que deixaram 213 manifestantes e 21 policiais feridos. Antes da reunião, cerca de mil professores e outros servidores estaduais, protestaram em frente ao Palácio, como forma de pressionar o governo a aceitar a reposição da inflação do período de um ano.

(Foto: Anieli Nascimento)


1/1

1/10

1/4

1/1

1/1