495450580893305 Guangue da marcha à ré: suspeitos de furtarem lojas em Campina são presos em outro município

Guangue da marcha à ré: suspeitos de furtarem lojas em Campina são presos em outro município


Duas pessoas foram presas suspeitas de fazerem parte da “gangue da marcha à ré”, que aterrorizou dois estabelecimentos no bairro Jardim Paulista, em Campina Grande do Sul, nos dias 08 e 15 deste mês. A prisão aconteceu na manhã do último domingo (20).


O casal foi abordado na Rua Divonzir Luciano, que fica no bairro Jardim Independência, em São José dos Pinhais, suspeito de furtar uma loja de roupas da região. Na casa onde eles estavam foram encontrados inúmeros objetos do estabelecimento. A prisão foi feita pela Guarda Municipal e Polícia Militar que faz patrulhamento neste município.


Após a prisão da dupla, a Guarda Civil Municipal de Campina Grande do Sul ficou a par da situação e em uma análise feita pelo Setor de Inteligência da própria GCM, descobriu-se que se tratava da mesma quadrilha que atuou na região.


De acordo com as informações divulgadas pela Guarda, os suspeitos utilizaram na ação criminosa que aconteceu em São José dos Pinhais, o mesmo carro modelo Fiat Tempra na cor preta, no qual eles davam a ré e arrombavam as portas dos comércios, para então praticarem os furtos.


Uma das vítimas da “gangue da marcha à ré” foi até a delegacia de São José dos Pinhais e reconheceu as peças de vestuário apreendidas, com etiquetas da loja e apresentando notas fiscais que comprovam a propriedade das mercadorias.


(Foto: Guarda Municipal de São José dos Pinhais)

1/1

1/4

1/7

1/1

1/6

1/5