495450580893305 Homem com transtornos psicológicos mata pais idosos em Campina Grande do Sul

Homem com transtornos psicológicos mata pais idosos em Campina Grande do Sul


Um idoso de 84 anos e a esposa, de 83, foram assassinados pelo próprio filho na madrugada desta segunda-feira (28), em Campina Grande do Sul. O caso aconteceu na casa da família, no bairro Jardim Graciosa, por volta das 3h30.

Conforme a Polícia Militar, que foi a primeira a chegar no local, o homem matou a facadas e golpes de martelo as vítimas no momento em que elas dormiam. Após o crime, o homem ligou para um familiar confessando ser o autor do duplo homicídio.

O homem, de 56 anos, sofre de transtornos psicológicos e permaneceu na residência até a chegada da equipe policial que o levou até a Delegacia de Campina Grande do Sul. O martelo e a faca utilizados no crime foram apreendidos na ocasião.

Uma equipe do Bombeiro Comunitário composta pelos agentes Luvizotto, Souza e Dalprá, chegou a ser acionada, mas as duas vítimas já estavam mortas no interior da residência. A cena do crime chocou os bombeiros. “Haviam marcas de sangue pelas paredes, provavelmente o agressor entrou em luta corporal com as vítimas. Em 15 anos de profissão nunca tinha presenciado uma cena tão chocante”, contou o agente Luvizotto.

Em conversa com nossa reportagem, o delegado responsável pelo caso, Antônio Macedo, contou como não houve qualquer tipo de briga ou discussão dele com os pais. Ainda de acordo com o delegado, o homem tinha emprego fixo e nunca teve envolvimento com coisas ilícitas. “O patrão dele não acreditou quando soube. Disse que ele era uma pessoa trabalhadora e dedicada no serviço”, disse o delegado, que afirmou que o homem passou a sofrer de problemas mentais após ter se consultado com uma vidente.

O homem permanece detido na delegacia da cidade e a Polícia Civil já pediu a transferência dele para o Complexo Médico Penal, presídio destinado principalmente a detentos que necessitam de tratamento em decorrência de problemas psiquiátricos.


(Foto: Colaboração)


1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/7

1/5

1/6