495450580893305 Jovem desaparecida em Campina Grande do Sul é localizada no IML pela família

Jovem desaparecida em Campina Grande do Sul é localizada no IML pela família



Luana Rosa Saraiva, de 21 anos, desaparecida desde o último dia 11 (sexta-feira) em Campina Grande do Sul foi localizada sem vida pela família. A informação da morte foi confirmada pela mãe da jovem, Maria Aparecida Saraiva, em entrevista à Banda B na manhã desta terça-feira (23) após reconhecimento do corpo no Instituto Médico Legal de Curitiba (IML).

Segundo o informado, Luana foi encontrada sem vida no último domingo (14) dentro do leito de um rio, no município de Bocaiúva do Sul. A jovem levou um tiro no rosto e não portava documentos pessoais, o que dificultou a identificação da vítima.

Antes do sumiço da jovem, mãe e filha se falavam quase todos os dias pelo aplicativo de mensagens WhatsApp. A última mensagem recebida de Luana ocorreu na noite do dia 11 com o seguinte dizer: “Mãe acabou”. Desde então, mãe e filha não se falaram mais. Luana disse à mãe que estava passando uns dias na casa de uma amiga, que segundo ela, mora no bairro Barragem, área rural de Campina Grande do Sul.

Repercussão

A notícia do desaparecimento de Luana mobilizou centenas de leitores do Linkada News que compartilharam a publicação nas redes sociais. Na tarde de sábado (19) a família da jovem foi até o Bombeiro Comunitário de Campina Grande do Sul para buscar informações sobre as últimas ocorrências atendidas pela corporação. A esperança dos familiares era que entre as ocorrências o nome de Luana estivesse lá, mas sem sucesso.

Na presença de nossa reportagem, a mãe da jovem, Maria Aparecida Saraiva, chegou a ligar para a casa da amiga em que Luana estaria. A mesma não soube informar sobre o paradeiro da jovem, que teria saído sem avisar. Apenas algumas informações sobre a roupa em que Luana estaria usando no dia do desaparecimento foram repassadas à mãe durante a ligação.

Entre as buscas sobre as mortes que deram entrada no sistema online do IML, uma chamou a atenção da dona Maria Aparecida Saraiva. Na descrição do relatório, uma jovem usando blusa de moleton verde, blusa preta e calça jeans foi encontrada sem vida em um rio de Bocaiúva do Sul. A vestimenta era a mesma usada por Luana no dia do desaparecimento, o que deixou a mãe ainda mais preocupada.

Antes de registrar o Boletim de Ocorrência na delegacia de Campina Grande do Sul, a mãe de Luana resolveu verificar a informação pessoalmente no IML, onde foi identificado o corpo da filha como sendo a mesma pessoa.

A Polícia Civil de Bocaiúva fica a cargo de investigar o caso.

(Foto: Reprodução Facebook)


1/1

1/1

1/3

1/1

1/6