495450580893305 Jovem Embaixadora: Estudante colombense participa de intercâmbio nos EUA

Jovem Embaixadora: Estudante colombense participa de intercâmbio nos EUA


Por Rodrigo Guilherme

Três estudantes do Paraná foram escolhidos pela Embaixada Americana para participar do programa Jovens Embaixadores. Entre eles está uma jovem colombense de 17 anos. Isabelle Sois da Silva estudou o ensino médio no Colégio Estadual Helena Kolody, e agora irá representar o Brasil nos Estados Unidos, divulgando a cultura brasileira. Os estudantes paranaenses Carlos Henrique Salvi, de Pato Branco, e Jéssica Beatriz de Almeida, de Paranaguá, também participarão do programa. Isabelle conversou com o Linkada News e contou como é ser uma Jovem Embaixadora e como está sendo participar do programa. Para ela, esta é a realização de um sonho.

“Tenho 17 anos e terminei o ensino médio em 2014 no Colégio Estadual Helena Kolody, em Colombo. O programa seleciona jovens líderes de todo o Brasil, estudantes de escola pública entre 15 e 17 anos para um intercâmbio de três semanas nos EUA com o objetivo de divulgar a cultura brasileira e quebrar os estereótipos que existem. Ser uma Jovem Embaixadora está sendo incrível, mas a responsabilidade é enorme também. Estamos aqui representando o Brasil, então tudo que fazemos aqui eles entendem que é assim que o brasileiro age, temos que ser exemplos. Sem contar que era um grande sonho fazer um intercambio nos EUA desde que comecei a aprender inglês (a 5 anos atrás). Acho que este intercâmbio vai me ajudar a amadurecer mais. Conhecer uma cultura diferente também me fará entender melhor a cultura brasileira. Tenho certeza que vai abrir muitas portas pra mim no futuro, me ajudar a ter a mente mais aberta e também melhorar meu inglês”, conta Isabelle.

De todo o Brasil, foram 52 estudantes selecionados para integrar o programa, e nesta primeira semana eles irão juntos para Washington-DC. Nas outras duas, ficarão separados em quatro estados. Carlos ficará em Oklahoma, Jéssica em Nevada, e Isabelle irá para Pensacola, na Flórida. Os jovens participarão de reuniões com autoridades do governo norte- americano, líderes de ONGs; visitarão escolas e projetos sociais, participarão de atividades de voluntariado e, como representantes da juventude brasileira nos Estados Unidos; farão também apresentações sobre o Brasil, sua cultura e seu povo. Ao final da viagem, eles irão apresentar um plano de ação na área de voluntariado para ser implementado em suas comunidades após o retorno ao Brasil. Os estudantes receberam um treinamento em Brasília, antes de seguirem para a viagem internacional.

“Nós estamos em 50 jovens do Brasil inteiro e mais dois coordenadores adultos brasileiros aqui, o resto da equipe que está nos coordenando nos EUA é toda daqui mesmo. Mas teve os 3 dias de preparação em Brasília onde ficamos com o pessoal que trabalha na Embaixada, que são brasileiros. Vamos visitar escolas, ONG's e outras instituições fazendo apresentações sobre o Brasil, fazendo trabalho voluntário e desenvolvendo projetos. Somos Jovens Embaixadores a partir do momento que sai o resultado da seleção, ou seja, desde outubro. E como dizem: uma vez Jovem Embaixador, sempre Jovem Embaixador, Como tem gente do Brasil todo, vamos falar sobre aspectos físicos e culturais do Brasil de todas as regiões, somos divididos em grupos de 10 pessoas, cada um desses grupos vai pra uma cidade diferente quarta e ficaremos até dia 26. É nessas cidades que faremos as apresentações e ficaremos hospedados em casas de famílias que se voluntariaram para nos hospedar e nos dar tudo que precisarmos durante nossa estadia, meu grupo vai pra Pensacola, no estado da Florida”, explica.

Isabelle ainda conta como foi à recepção ao chegar aos Estados Unidos e diz que lá tudo é diferente. “No momento eu estou em Washington, DC. Aqui é bem diferente (risos). Agora deve estar 1.ºC grau mais ou menos, é o dia mais quente desde que chegamos (risos) e já pegamos -11.ºC. Chegamos aqui no sábado à noite. a equipe da World Learning, a parceira da Embaixada que organiza o programa aqui nos EUA, nos esperou no aeroporto com plaquinhas e tudo mais, foi bem estilo filme americano (risos). São todos muito simpáticos, essa historia de americano ser fechado é mito”, completa.

Jovens Embaixadores

O programa Jovens Embaixadores seleciona todos os anos estudantes do Ensino Médio de escolas públicas, de famílias de baixo poder aquisitivo e com alto rendimento escolar, para participarem de um intercâmbio nos Estados Unidos. Além de fluência em inglês, os escolhidos também precisam apresentar características como liderança, empreendedorismo e participação ativa na comunidade por meio de projetos sociais.

PROGRAMA - Nesta 13ª edição foram escolhidos no Brasil 52 Jovens Embaixadores. O programa Jovens Embaixadores foi criado pela Embaixada dos Estados Unidos no Brasil. Desde o lançamento, 367 jovens brasileiros da rede pública já participaram do programa. Os parceiros nesta iniciativa são: Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e as Secretarias Estaduais de Educação, a rede de Centros Binacionais Brasil-Estados Unidos, e também as empresas FedEx, MSD, Dow Brasil, Microsoft, Bradesco, IBM e a Boeing Brasil. www.jovensembaixadores.org

(Foto: Arquivo Pessoal)

#jovemembaixadoraestudantecolombenseparticipadeintercâmbionoseua

1/1

1/1

1/6

1/1

1/1