495450580893305 Justiça determina bloqueio de bens de prefeito e ex-secretário de Ordem Pública de Quatro Barras

Justiça determina bloqueio de bens de prefeito e ex-secretário de Ordem Pública de Quatro Barras



Atendendo a um pedido da 2ª Promotoria de Justiça de Campina Grande do Sul, o prefeito de Quatro Barras Loreno Tolardo (PSD) e o ex-secretário de Ordem Pública do município, Cariovaldo Ferreira, que mesmo afastado do cargo permanece ativo na folha de pagamento do município, tiveram os bens bloqueados pela Justiça. O bloqueio foi determinado em caráter de liminar.

Na ação civil pública instaurada em 2014, o Ministério Público do Paraná vinha apurando uma denúncia de prática de desvio de função de funcionários da Secretaria de Agricultura, Meio Ambiente e Ordem Pública. Na prática, esses servidores estavam sendo designados para fazer segurança particular na casa de Tolardo, o que configura enriquecimento ilícito e dano ao erário.

Segundo a denúncia, pelo menos oito servidores públicos municipais realizaram a segurança privada da residência do prefeito, entre março de 2012 e janeiro de 2015. Em decorrência dos fatos, a Justiça determinou o bloqueio de R$ 1.763.921,28 dos requeridos, para garantir o ressarcimento integral do dano, em caso de condenação ao final do processo.

Em nota enviada à imprensa, a Prefeitura de Quatro Barras informou que Tolardo sofreu ameaças em razão do cargo em que ocupa, o que justifica a designação de servidores municipais para segurança do prefeito, não caracterizando atendimento de seus interesses particulares.

(Foto: Google Maps)


1/1

1/4

1/7

1/1

1/6

1/5