495450580893305

Loreno Tolardo é candidato a prefeito de Quatro Barras

Atualizado: Set 18

Loreno Tolardo foi confirmado como candidato a prefeito de Quatro Barras pelo Partido Social Democrático (PSD) durante a convenção partidária que aconteceu na última quarta-feira (16), na Câmara Municipal. Ao lado dele, na chapa, Jarbas Mocelin concorrerá ao cargo de vice-prefeito.


O discurso tão esperado do candidato aconteceu por volta das 18h. Tolardo se mostrou emocionado após a leitura e recordação de seus feitos políticos durante a gestão como prefeito de Quatro Barras, entre os anos de 2009 e 2016. Em entrevista exclusiva ao Linkada News, o candidato comentou sobre a solenidade.



"Achei que minha participação enquanto político em Quatro Barras havia se encerrado após oito anos à frente do executivo, porém, por aonde eu ia, as pessoas sempre me incentivaram para voltar ao cenário político e, analisando a atual gestão com seus resultados negativos aliados a certeza de que ainda posso contribuir com a cidade, topei mais esta missão com apoio das pessoas de bem. Estou de fato atendendo ao chamado do povo quatro-barrense e me sinto honrado, além de preparado, para que se assim Deus permitir, colocar a nossa joia rara novamente nos trilhos”, afirmou.


Ainda no evento, foram escolhidos os 63 nomes de candidatos aos cargos de vereadores do município da base aliada de Tolardo. A sigla fez coligação na majoritária com outros quatro partidos, sendo eles: Solidariedade, PSB, Democratas e Podemos.


A convenção terminou com a exibição de um vídeo enviado pelo governador do Paraná, Carlos Roberto Massa Júnior (Ratinho Júnior), que declarou apoio à candidatura de Tolardo e lhe desejou sucesso nestas eleições.


PRESENÇAS – durante a solenidade estiveram presentes os ex-prefeitos Edison Repinoski e João Carlos Creplive; os atuais vereadores Juninho do Posto (SD), Waguinho Pertel (Podemos) e Antônio Cezar Creplive - Toto (DEM). Além deles, marcaram presença os representantes dos partidos apoiadores, como Elitinho Benedetti (Podemos); Ieda Tolardo (PSB) e o comunicador Fernando Cunha.


1/1

1/10

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/2