Membro de quadrilha que explodiu muro de Penitenciária é preso por policias da delegacia de Colombo

Atualizado: 21 de Dez de 2018


Um homem de 38 anos, conhecido como Vírus, foi preso suspeito de fazer parte da quadrilha que explodiu o muro da Penitenciária de Piraquara (PEP), possibilitando que 29 presos de uma facção criminosa conseguissem fugir, na madrugada de 11 de setembro deste ano. Ele foi detido por policiais da Delegacia de Colombo, na última quarta-feira (05).

Ele era um dos alvos da Operação Raptus, que foi deflagrada na última terça-feira (04) por equipes do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) da Polícia Civil.

Contra ele havia uma mandado de prisão expedido pela Vara Criminal de Piraquara e ele se encontrava foragido da Justiça. Vírus exercia papel fundamental dentro de uma facção criminosa que atua nos presídios brasileiros. Ele foi preso em sua residência, no bairro Santa Terezinha, após um trabalho de inteligência e de inúmeras diligências realizadas.


O suspeito responderá por organização criminosa, tráfico de drogas, associação ao trafico, crime de explosão, arrebatamento de pessoas presas e porte ilegal de arma. Ele será encaminhado ao Cope, onde permanecerá à disposição da Justiça. Operação Raptus - Menos de três meses depois da ousada ação de uma facção criminosa que explodiu o muro da Penitenciária Estadual de Piraquara (PEP), em Piraquara, resultando na fuga de perigosos detentos, uma operação conjunta das forças de segurança do Estado conseguiu prender 18 pessoas suspeitas de participar do planejamento e execução do plano de fuga. Outras cinco pessoas foram presas em flagrante e 12 estão foragidos.

A operação Raptus foi deflagrada pelo Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), unidade de elite da Polícia Civil, com apoio do Tático Integrado Grupo de Repressão Especial (Tigre), da Divisão de Narcóticos (Denarc) e da Polícia Militar. Os mandados foram cumpridos nos estados do Paraná e na região litorânea de São Paulo. As forças de segurança do Estado ainda estão nas ruas tentando capturar os foragidos.

(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

#LinkadaNews

1/1

1/1

1/3

1/1

1/6