495450580893305 Moradores e comerciantes da área rural de Quatro Barras vão à delegacia pedir mais segurança

Moradores e comerciantes da área rural de Quatro Barras vão à delegacia pedir mais segurança



Cansados da constante onda de assaltos, moradores e comerciantes da área rural de Quatro Barras resolveram, na tarde desta quinta-feira (14), ir à delegacia da cidade para pedir mais segurança. O grupo de aproximadamente 30 pessoas participou de uma reunião com o delegado titular Haroldo Davison e com o superintendente Itamar Stradiotto.

Durante a conversa, o grupo deixou claro às autoridades policiais o desejo de mais policiamento nas localidades do Pocinho, Palmitalzinho, Campininha, Rancho Velho e Ribeirão do Tigre. Os corredores da delegacia foram tomados por moradores e empresários, que em sua maioria, se diziam vítimas dos constantes assaltos registrados contra residências e chácaras da área rural. Algumas das vítimas dos roubos relataram a forma em que a quadrilha age nessas regiões. “Quando os bandidos não conseguem roubar, eles apedrejam as casas e chegam a atear fogo nos pertences dos moradores. Estamos numa situação caótica e precisamos urgente de providências”, relatou um morador na reunião.

“A gente não aguenta mais a falta de segurança. Não tem policiamento no local. Você liga e a viatura demora horas para aparecer. Eu tenho um comércio lá e já fui assaltado quatro vezes. Eu já abandonei minha chácara na região pois não aguentava mais”, desabafa um comerciante de 32 anos.

Uma das participantes da reunião relatou ainda que o pai foi vítima recentemente da quadrilha. “O assalto aconteceu no domingo, mas como os assaltantes não conseguiram levar nada acabaram voltando na terça-feira. Eles estavam em uma moto vermelha e usavam máscaras para não serem reconhecidos. Eles foram truculentos e ameçaram meu pai de morte. Com medo ele teve que deixar a chácara aonde morava há anos. E para fechar os bandidos ainda atearam fogo em três carros da família”, disse.

A principal reivindicação feita pelos presentes esteve pautada em um maior efetivo de policiais para atender a área rural da cidade. Ao final da reunião, um documento contendo a assinatura de cada participante foi elaborado pela superintendência da delegacia. O documento deverá ser encaminhado ao Comando da Polícia Militar.

De acordo com o superintendente Itamar Stradiotto, a polícia vem investigando os assaltos ocorridos nessas regiões e com base nas informações repassadas pelos moradores vai intensificar os trabalhos para tentar localizar os envolvidos.

(Foto: Adilson Santos)


1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/7

1/5

1/6