495450580893305 Moradores fazem protesto e pedem por mais segurança em Quatro Barras

Moradores fazem protesto e pedem por mais segurança em Quatro Barras



Com faixas e cartazes, moradores se reuniram na tarde deste sábado (9) em manifestação para pedir mais segurança no município de Quatro Barras. O manifesto durou pouco mais de duas horas e aconteceu em frente ao prédio da Prefeitura Municipal. O grupo se reuniu no bairro Pinheiro e seguiu em carreata até o centro da cidade. CLIQUE AQUI para ver o vídeo do protesto.

Segundo os organizadores, houve um aumento do número de assaltos e roubos registrados na cidade. A maior parte das pessoas reunidas no protesto dizem já terem sido vítimas da criminalidade, entre moradores e comerciantes. Entre os crimes, um estupro praticado contra uma jovem de 23 anos nesta semana. O caso também foi lembrado durante a manifestação.

A Avenida Dom Pedro II, principal via central da cidade, precisou ser fechada, deixando o trânsito complicado na região entre 16h e 18h30. Em determinada ocasião, os agentes da Guarda Municipal tentaram liberar o trânsito no local, porém, os manifestantes se recusaram a sair. Muitos sentaram-se no chão impedindo a passagem dos veículos.

Nota da Prefeitura

Minutos antes do manifesto começar, a Prefeitura de Quatro Barras enviou uma nota se posicionando a respeito da falta de segurança no município. A nota traz o seguinte conteúdo:

“A Prefeitura Municipal de Quatro Barras informa que, em reunião com os moradores da Borda do Campo nesta terça-feira (dia 5 de abril), ficou acordado que um contingente da Guarda Municipal fará rondas ostensivas no local, intensificando o patrulhamento na região. Tal efetivo já se encontra no local. A Secretaria Municipal de Ordem Pública ainda informou que solicitou apoio à Polícia Militar e que espera o aumento de efetivo na região.

O Município de Quatro Barras vem investindo constantemente na área de segurança pública, com a implantação da Guarda Municipal - que está em processo de formação e já conta com 28 guardas municipais -, instalação de sistema de monitoramento 24 horas, disque denúncia e programas de rondas preventivas nos bairros. No entanto, é importante lembrar que as atribuições de segurança pública também são de responsabilidade do Estado”.

Veja a galeria de fotos desta reportagem:

(Fotos: Adilson Santos e Denis Barbosa)


1/1

1/1

1/3

1/1

1/6