495450580893305 Morre segunda vítima do acidente entre carro e ônibus em Campina Grande do Sul

Morre segunda vítima do acidente entre carro e ônibus em Campina Grande do Sul



A segunda vítima do acidente envolvendo um veículo Gol e um ônibus que ocorreu na manhã do último sábado (3), morreu no Hospital Angelina Caron nesta segunda-feira (5). Aloísio Junior, tinha 22 anos, e desde sua entrada no hospital permanecia em coma na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde não resistiu aos ferimentos.

A esposa de Aloísio, Camila Oliveira, também de 22 anos, morreu no local do acidente que deixou ainda outras quatro pessoas feridas, sendo dois ocupantes do veículo Gol, e duas passageiras idosas que estavam no ônibus. Testemunhas relataram que o carro furou a preferencial, versão que foi também confirmada pela empresa responsável pelo coletivo, a Viação Castelo Branco, que em nota considerou o acidente como uma fatalidade.

"Sempre primamos pela atenção e responsabilidade no trânsito, nossos condutores são treinados e orientados constantemente para manter direção defensiva, porém, infelizmente neste caso nosso condutor mesmo em velocidade baixa, pois havia acabado de transpassar um redutor de velocidade e ao passar por um cruzamento, devidamente sinalizado, com sinais verticais e horizontais, não conseguiu evitar a colisão quando o veículo terceiro veio a invadir a preferencial", disse a empresa em um comunicado enviado ao Linkada News ainda no sábado.

Aloísio era quem dirigia o carro e ficou preso nas ferragens quando o veículo se chocou com o coletivo da linha Eugênia Maria, no cruzamento das ruas José Simioni e Frederico Strapasson, no bairro Jardim Graciosa. O jovem chegou a ser socorrido ao hospital por um helicóptero da Polícia Militar (PM), mas seu quadro de saúde se agravou nos últimos dias.

(Foto: Colaboração WhatsApp e reprodução facebook)


1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/7

1/5

1/6