495450580893305 Mudança na Feirinha de QB divide opiniões

Mudança na Feirinha de QB divide opiniões


Mudanças na feirinha de Quatro Barras dividem opiniões Mudança para uns, insatisfação para outros. O novo horário de funcionamento da “Feirinha de Quatro Barras” vem dividindo opiniões entre comerciantes e frequentadores. Por determinação da Prefeitura Municipal, o tradicional evento que acontecia durante as noites de terça-feira, na praça Raulindo Alves Cordeiro, passou a ser realizado aos sábados das 8h às 18h. Com a mudança, o público que prestigiava o evento diminuiu significativamente. Por um lado, comerciantes reclamam que o prejuízo já representa uma queda de praticamente 90% nas vendas. Por outro, os órgãos responsáveis alegam a necessidade de readequações no evento. Segundo a Secretaria de Turismo, a mudança foi provocada devido à inúmeros fatores; falta de policiamento, consumo de drogas e a venda de bebidas alcoólicas para menores de idade, em sua boa parte estudantes da região. Segundo informações, muitos alunos deixavam de assistir aula para se encontrar com outros jovens na feira. O também chamado “rolezinho dos estudantes” reunia alunos dos colégios Arlinda Ferreira, Elias Abraão e André Andreata, ambos no município. Conforme denúncias de frequentadores, esses encontros costumavam ser regados à drogas e ao consumo exagerado de bebidas alcoólicas. Claujunior de Paulo, diretor do Colégio Arlinda Ferreira Creplive e também vereador do município, explica que a medida foi necessária mediante às inúmeras reclamações, e principalmente porque a instituição de ensino fica próxima do local. “É uma forma de evitar que os alunos continuassem tendo envolvimento com atos ilícitos no período escolar. Durante a feirinha a concentração de jovens era muito grande. Infelizmente boa parte deles iam lá só para se embriagar e usar drogas, e isso vinha gerando problemas”, afirmou. O novo horário diurno, segundo a Secretaria de Turismo, visa preservar a ordem e oferecer mais segurança aos frequentadores do local. Pelo fato de Quatro Barras contar apenas com uma viatura policial, o combate ao uso de bebidas e entorpecentes entre os menores estava deixando a desejar. “A PM até procurava fazer o policiamento do local, mas sempre se ausentava para atender uma ocorrência. Agentes da Secretaria de Ordem Pública auxiliavam na segurança, mas como a função deles é zelar pelo patrimônio público, a abordagem ou até mesmo a autuação em flagrante somente poderia ser feita por uma autoridade policial, medida que em muitos casos não acontecia”, explicou Ari Andreatta, coordenador de Turismo no município. Apesar da insatisfação de uns, há quem aprove a mudança, como é o caso da empresária Livien Yanai, 26 anos, que afirma que o novo horário está mais adequado para curtir com o esposo e filhos. “Assim que começou há dois anos, a feirinha era um ambiente voltado à família. Com o tempo a diversão saudável foi dando lugar a bagunça e arruaça de alguns. Acredito que o horário de agora evita inúmeros problemas como esses”, afirma. A partir deste sábado (10) a feira vai passar a acontecer no Espaço Cinquentenário, localizado ao lado do Colégio Sesi, também no centro. Por em quanto o horário será das 8h às 18h, mas a ideia futuramente é que o evento se estenda até à noite no período das 18h às 22h. A prefeitura está estudando implantar uma estrutura para melhor atender os visitantes e os feirantes. (Fotos: Adilson Santos)

#feirinha #quatrobarras

1/1

1/1

1/6

1/1

1/1