495450580893305

Número de internações de acidentes envolvendo motos cresce em 115%



O número de internações hospitalares com vítimas envolvidas em acidentes com motos cresceu 115% nos últimos seis anos, e já representa metade das internações por acidente de trânsito no país segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde, que agora elabora um novo projeto para conter o eventual crescimento.

Segundo o ministro Arthur Chioro, os gastos com a saúde em virtude do problema cresceram 118% em seis anos. Só em 2013, por exemplo, foram gastos R$ 231 milhões com internações por esse motivo. Segundo ele, esse impacto pode ser ainda maior se somados os gastos na saúde privada, previdência, afastamento do trabalho e outros motivos. Em 10 anos o número da frota de motos cresceu 241,7%, em especial no Norte e Nordeste, onde as motos são quase metade da frota de veículos.

Entre os pontos em estudo para reduzir esse quantitativo, está maior rigor nas fiscalizações, o que inclui “jogo duro na lei seca”, e possíveis mudanças na legislação, como a obrigatoriedade de apresentar habilitação específica na hora de comprar uma moto.

O governo também avalia medidas como financiamento na compra de equipamentos de proteção, como capacetes, ações de educação no trânsito e possibilidade de adoção de uma faixa de recuo entre motos e carros. Estados, municípios e ministérios devem participar da elaboração das novas ações.

(Foto: Imagem da internet)


1/1

1/10

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/2