495450580893305

Obra que seria uma UPA 24 horas em Quatro Barras ganha outra utilidade



O local que a princípio seria uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 horas) na cidade de Quatro Barras, orçado em pouco mais de R$ 1 milhão, foi cedido pela prefeitura do município ao Tribunal de Justiça para implantação de um Posto Avançado do Juizado Especial e Centro de Mediação e Conciliação, favorecendo assim a população com a proximidade destes serviços. A construção da UPA 24 horas seria viabilizada através de um convênio entre as prefeituras de Quatro Barras e Campina Grande do Sul, e o Ministério da Saúde que repassou os recursos para a construção da obra. Ambas prefeituras chegaram a fazer um convênio para dividir a conta do funcionamento da UPA 24 horas, porém, o projeto não foi concluído devido à desistência do município de Campina Grande do Sul em 2014.


O Linkada News entrou em contato com a assessoria de imprensa da prefeitura de Quatro Barras, que afirmou que infelizmente Quatro Barras não iria conseguir assumir os gastos sozinha, que chegariam a R$ 600 mil ao mês e por isso houve a mudança. “É um valor inviável para nossa realidade orçamentária. Diante desta situação e do declínio de CGS, Quatro Barras firmou um convênio com o Hospital Angelina Caron para atender a população e as demandas médicas. Com relação ao prédio, hoje já está acordada a devolução dos recursos ao Ministério, pela Prefeitura de Quatro Barras”, afirmou a assessoria. Hoje Quatro Barras ainda não conta com uma Unidade de Pronto Atendimento 24 horas.

(Fotos: Bianca Santos)


1/1

1/10

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/2