495450580893305

Obras na Rodovia da Uva serão retomadas, diz prefeita e Governo do Estado



O Governo do Paraná anunciou que estará retomando nos próximos dias as obras de duplicação da Rodovia da Uva (PR-417, em Colombo. O projeto que iniciou há quase cinco anos vem enfrentando inúmeros problemas com a empresa executora e a falta de recursos. A demora para o término das obras, que era para acontecer na metade de 2015, vem causado inúmeros problemas aos moradores e motoristas que trafegam pelo trecho.

Segundo o Governo do Estado, os recursos para continuição da obra são referentes à última parcela do Programa de Apoio ao Investimento dos Estados e Distrito Federal (Proinveste) e foram liberados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ao Banco do Brasil, instituição responsável pela gestão financeira da operação. Os valores foram depositados na conta do Governo do Paraná. A obra prevê a construção de pistas marginais, ciclovias, novas calçadas com rampas de acesso, além de semáforos e paisagismo, em uma extensão de 6,5 quilômetros entre Colombo e Curitiba.

O assunto também foi divulgado na página oficial no facebook da prefeita Beti Pavin, que comemorou a iniciativa. Segundo a publicação, na próxima segunda-feira (18) ela estará conversando com o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, para definir a data de reinício das obras.

Obras começaram há quase 5 anos

As obras de duplicação na Rodovia da Uva tiveram um começo no ano de 2010, onde foram executados apenas 15% dos serviços. Mas os trabalhos não tiveram sucesso por conta de problemas com a empresa executora, o que acabou resultando na suspensão do contrato e a realização de um novo processo licitatório e revisão do projeto. Em 2013, ocorreu um novo processo licitatório que possibilitou no mesmo ano, a retomada das obras, que acabaram ficando paradas a partir de 2014 por falta de recursos.


1/1

1/10

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/2