495450580893305
top of page
  • Foto do escritorLinkada News

PCPR e GM prendem dois suspeitos de duplo homicídio ocorrido no estádio municipal do Menino Deus

A Polícia Civil do Paraná (PCPR), com apoio da Guarda Municipal (GM), prendeu preventivamente dois homens, ambos de 36 anos, suspeitos do duplo homicídio de Marlon Santos Bozzuto e Aparecido Ferreira de Lima, ocorrido no dia 25 de fevereiro, em um estádio de futebol, em Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba. As capturas aconteceram nesta terça-feira (30), no mesmo município.  


As investigações de alta complexidade apontaram que o crime está ligado ao homicídio que vitimou Ricker Bueno Domingues, em outubro de 2023, em Quatro Barras. 


Conforme apurado, Domingues vendia entorpecentes para Bozzuto e estaria com uma dívida de drogas com um dos suspeitos. O valor teria sido pago por Marlon, porém, mesmo assim, Ricker foi morto pelo suspeito.  


De acordo com o delegado da PCPR Tiago Wladyka, após o homicídio ocorrido em outubro, foram iniciadas todas as diligências de polícia judiciária a fim de esclarecer o fato. Bozzuto foi intimado para prestar depoimento acerca do crime e, diante dos fatos, passou a ser ameaçado pelo suspeito.



“A vítima teria questionado o criminoso sobre o motivo dele ter matado Ricker, eis que a dívida monetária já estava sendo paga. Havia, também, uma disputa por pontos de venda de drogas entre os envolvidos”, afirma o delegado.  

CRIME- No dia 25 de fevereiro deste ano, o suspeito envolvido no tráfico tomou conhecimento que Marlon estaria em um estádio de futebol e, com suporte do segundo envolvido que conduzia o veículo, efetuou cerca de 15 disparos de arma de fogo em direção à vítima, a qual morreu no local.  


Um dos disparos efetuados também atingiu Aparecido Ferreira de Lima na região do peito, vindo a óbito. A segunda vítima não tinha nenhuma relação com a desavença no tráfico e estaria apenas assistindo a partida de futebol e catando latinhas.  


Após oitivas de testemunhas, análise das imagens das câmeras de segurança e dos laudos periciais, foi possível representar pelas prisões preventivas dos suspeitos e por cinco mandados de busca e apreensão em endereços ligados aos envolvidos.  


Ambos foram localizados, presos e encaminhados ao sistema penitenciário. Um dos indivíduos irá responder por três homicídios qualificados, pelas mortes de Ricker Bueno Domingues, Marlon Santos Bozzuto e Aparecido Ferreira de Lima. O segundo suspeito responderá pelo duplo homicídio. 


Os homens já possuem condenações por diversos crimes, dentre eles roubo, corrupção de menores, receptação e tráfico de drogas. 

Comentarios


  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
bottom of page