495450580893305 Pedestre pede providências após sofrer ataque de cães no Jardim Paulista

Pedestre pede providências após sofrer ataque de cães no Jardim Paulista



Na tarde desta quinta-feira (31) um jovem que passava pela rua Presidente Arthur Costa e Silva, no Jardim Paulista, em Campina Grande do Sul, foi atacado por cachorros de rua. Moradores confirmam que na via encontram-se inúmeros cães, que mesmo sem donos, recebem auxílio de pessoas que se solidarizam com a situação de abandono dos animais.

A vítima do ataque foi Maykon Scheffer, 18 anos. Ele compartilhou a experiência que resultou em sua calça rasgada em seu perfil no facebook. “Hoje ao passar pela rua Presidente Arthur Costa e Silva, no bairro Jardim Paulista, 4 cachorros que são criados e ao mesmo tempo abandonados na rua, avançaram em mim para me morder. Não reclamo por uma calça que foi rasgada, mas sim pelo perigo que as pessoas que passam por ali tem de enfrentar todos os dias”, diz a postagem.

Segundo Maykon, os cachorros foram levados até o local por uma moradora e são deixados em frente ao apartamento em que a mesma reside. “Ela sai de carro e volta trazendo mais cachorros, sem se importar com o perigo que eles podem trazer às pessoas que por ali circulam. Quando estava sendo atacado ela presenciou a cena, porém, preferiu correr do local para não precisar ajudar a me livrar dos animais”.

Ainda segundo o jovem, existem relatos de outros moradores de que os cães atacam quase todos que passam pela rua em questão. Sendo mais uma vítima dos ataques, Maykon pede providências dos órgãos responsáveis. “Aonde está a prefeitura e os demais departamentos que deveriam cuidar desse tipo de caso? Até quando as pessoas estarão enfrentando esse perigo, em uma rua que outrora era considerada calma e hoje sofre com esse descaso?”, indaga.

Retrospectiva


Em setembro de 2015, o Linkada News noticiou um protesto organizado por um grupo de proteção animal na rua Presidente Arthur Costa e Silva, em que na ocasião foi realizado uma espécie de “velório canino”. O cão da raça vira-lata morreu em decorrência de envenenamento e o seu corpo foi velado no meio da rua. Moradores improvisaram uma tábua e escreveram a seguinte mensagem: "Olha o que o ser humano é capaz de fazer!”.

À época os responsáveis se mostravam preocupados, já que aquela era a quinta morte de cachorros de rua em poucas semanas na região. A morte do cão chegou a virar caso de polícia na cidade.

(Foto: Reprodução Facebook e Adilson Santos)


1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/7

1/5

1/6