495450580893305 Polícia prende suspeito de matar comerciante que ‘sabia demais’ em Colombo

Polícia prende suspeito de matar comerciante que ‘sabia demais’ em Colombo



Um jovem suspeito de matar um comerciante no último dia 27 de fevereiro foi preso emColombo, na região metropolitana de Curitiba. Adriano Santos Ribas, de 23 anos, é acusado de espancar e agredir a pedradas Alex Vieira da Rocha, 32, no bairro Itajacuru. Corpo foi encontrado na Rua Jacob Bertolin.

Segundo o delegado Erineu Sebastião Portes, logo após a ocorrência, a polícia recebeu a informação de que um veículo Astra havia sido encontrado carbonizado próximo da região onde o cadáver estava. “Nós descobrimos, então, que esse carro pertencia a vítima. Alex ficou com um amigo em um restaurante até as 2h e, na volta para casa, acabou sendo abordado por Adriano e mais um comparsa”, disse ele em entrevista à Banda B.

A vítima foi espancada pelos dois na frente de uma panificadora no Jardim Monza, que seria do comerciante. Em seguida, os criminosos o colocaram dentro do porta-malas do próprio carro e o levaram até o bairro Itajacuru. Lá, eles jogaram uma pedra contra a cabeça do homem, que já estava desmaiado. Ele morreu no local.

“Os suspeitos ainda atearam fogo no veículo para dificultar o trabalho da polícia, mas nós conseguimos identificá-lo. Há algum tempo, o comerciante teria apontado os dois como autores de um roubo ou furto na região. Acreditamos que o homicídio seria uma retaliação por causa disso. A vítima era trabalhadora, não tinha passagens pela polícia”, completou o delegado.

Um adolescente de 15 anos foi apreendido durante as investigações, apontado como comparsa no crime. Ele confessou que dirigiu o carro da vítima. Adriano já responde pelo crime de tráfico de drogas e agora foi autuado por homicídio qualificado. Com ele, foram apreendidas várias buchas de crack, maconha e cocaína.


1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/7

1/5

1/6