495450580893305 Projeto que visa realinhamento de orçamentos em Quatro Barras é rejeitado em 1º turno na Câmara

Projeto que visa realinhamento de orçamentos em Quatro Barras é rejeitado em 1º turno na Câmara


Vereadores de Quatro Barras foram contra a medida que busca o realinhamento do orçamento da cidade, considerando uma melhor gestão e aplicação em questões urbanas do município. O projeto entrou em votação de 1º turno na sessão legislativa que aconteceu no dia 20 de agosto, na Câmara Municipal e foi rejeitado. A votação em 2º turno do projeto acontecerá nesta segunda-feira (03).

A proposta foi encaminhada pelo Poder Executivo do Município à Câmara dos Vereadores e diz respeito a adequação das despesas voltadas à infraestrutura do município e também de quem trabalha na prefeitura. Se não aceito pelo legislativo, por exemplo, obras de pavimentação podem parar e funcionários ficar sem as cestas de natal que recebem todo final de ano.

No documento, é mencionada a proposta sobre a alteração da Lei Orçamentária Anual, com a justificativa de adequação do orçamento de acordo com as reais necessidades da Câmara Municipal. O orçamento para a aplicação desse projeto seria encaminhado 1/3 (um terço) para a Secretaria de Administração e Finanças e 2/3 (dois terços) para a Secretaria Municipal de Urbanismo Infraestrutura e Frotas, visando melhorar a infraestrutura urbana de Quatro Barras e manutenção de atividades administrativas.

Em conversa com o prefeito de Quatro Barras, Ângelo Andreatta, a reportagem foi informada que a proposta encaminhada à Câmara é baseada na verificação de um orçamento superestimado do legislativo, o que levou o executivo do município a buscar um reajuste sobre isso. “Nós refizemos o orçamento e estamos pedindo para que o Legislativo devolva ao Executivo aquilo que é prioritariamente do Executivo e que será investido nas duas secretarias citadas como proposta. A rejeição de um projeto como este dentro da Câmara, certamente traz um enorme prejuízo à comunidade. Mas, é importante lembrar que nem todos os vereadores são contra essa proposta”, afirmou o prefeito.

A reportagem entrou em contato com o vereador Gilsinho, que também é presidente da mesa diretora da Câmara Municipal de Quatro Barras, para conversar sobre o motivo da decisão dos vereadores em relação ao projeto na primeira votação e aguada retorno.

(Foto: Facebook/Cleo Pereira)

#projeto #Câmara #LinkadaNews #QuatroBarras

1/1

1/4

1/7

1/1

1/6

1/5