495450580893305 Projeto quer redução de salários do secretariado de Quatro Barras

Projeto quer redução de salários do secretariado de Quatro Barras


O legislativo de Quatro Barras discutiu na última sessão ordinária, que aconteceu na segunda-feira (29), a proposta de redução do salário dos secretários da Prefeitura. Durante a apresentação da medida, o vereador Maurinho, do PSC, disse que esta traria uma economia para o município. Já o legislador André Luiz Barcia da Silva (PMDB) disse à bancada que considerava injusto um salário de cerca de quatro mil reais para os secretários, deixando claro que era contrário ao projeto.

Além do parecer de alguns vereadores, as pessoas que estavam assistindo à sessão também se manifestaram em relação à proposta. Alguns apoiaram a medida e também houve protesto dos próprios servidores, que estavam no plenário e se mostraram contra a redução dos salários.

Há também uma discussão jurídica que deve ser resolvida, sobre a competência desse projeto, uma vez que se tratando de financeiro, ficaria a cargo do executivo ser o propositor, porém o argumento dos vereadores que defendem a medida, é que a proposta visa a economia e não oneração no orçamento já previsto para 2019. A segunda votação do projeto acontecerá na sessão ordinária desta segunda-feira (05).


Atualmente, o salário de cada secretário é de R$ 9.458,80. Com a proposta da Câmara Municipal esse valor seria rebaixado para R$ 4.900, ou seja, uma redução de mais de R$4.500. Em nota divulgada via rede social, a Prefeitura de Quatro Barras esclareceu que “a iniciativa de redução dos salários pode ser considerado um artifício para afetar a funcionalidade da gestão pública e prejudicar as atividades executadas por cada pasta”.

O órgão ainda afirmou que, se aprovada, a medida afetará não só os responsáveis pelas pastas, como pode refletir na qualidade de trabalho por eles desenvolvido, já que poderá ter a frente das secretarias profissionais menos qualificados e sugere que os vereadores não conhecem o trabalho dos secretários. Leia aqui a nota na íntegra.

(Foto: Luis Linkada)

#LinkadaNews #salário #secretários

1/1

1/1

1/6

1/1

1/1