495450580893305 PSB diz que lançará Marina à presidência

PSB diz que lançará Marina à presidência


Da Redação

O presidente do PSB Nacional (Partido Socialista Brasileiro), Roberto Amaral, confirmou ao jornal Folha de São Paulo que vai lançar Marina Silva como candidata à Presidência da República pela sigla do partido depois da saída de Eduardo Campos, morto nesta semana em um acidente aéreo em São Paulo. “Será uma solução de continuidade”, afirmou Amaral.

A candidatura de Marina, entretanto, só deve ser anunciada oficialmente três dias depois do velório de Campos que acontece neste sábado (16). O coordenador da sigla Rede, Balizeu Margarido, confirmou que Marina aceita liderar a chapa. Cabe agora ao PSB escolher quem será o vice nas próximas eleições presidenciais.

Segundo o jornalista Lauro Jardim do Radar Online, antes de definir a substituição, o PSB encomendou já na quinta-feira passada uma pesquisa telefônica com cerca de 30 mil eleitores com o objetivo de averiguar o que pensa o eleitor depois da saída de Eduardo Campos na disputa presidencial. A simulação mostrou que no primeiro turno Marina aparece em segundo lugar, um pouco a frente de Aécio Neves. Em um eventual segundo turno, Marina venceria Dilma, porém com um cenário de empate técnico, considerando a margem de erro.

Mudanças no cenário político

A entrada de Marina Silva na disputa presidencial pode mudar o cenário político tanto nacional como estadual. Especialistas acreditam que por ser mais conhecida politicamente, Marina tem o poder de tirar os votos de Dilma e Aécio Neves e se colocar na segunda posição nas pesquisas de intenção de voto, tendo maiores chances de disputar um eventual segundo turno com a candidata à reeleição Dilma Roussef.

No Paraná, a entrada de Marina pode refletir em novos apoios partidários, em especial os vindos da chapa de Requião. Por mais que o PSB de Campos esteja aliado a reeleição de Beto Richa (PSDB), Marina tem a tendência de se distanciar da relação do PSB com PSDB nos estados. Outro quadro que deve ser levado em consideração é o fato de Marina ter uma relação mais próxima ao candidato Roberto Requião (PMDB), principal adversário de Richa, e também com sua vice Rosane Ferreira (PV), uma velha conhecida da presidenciável e principal defensora de seus ideais desde os tempos em que Marina ainda era filiada ao Partido Verde.

#marinasilva #psb #eleições #2014

1/1

1/1

1/3

1/1

1/6