495450580893305 Quatro Barras (Graciosa) volta trajeto pela Trincheira do Atuba na próxima semana

Quatro Barras (Graciosa) volta trajeto pela Trincheira do Atuba na próxima semana



Após inúmeras reclamações de usuários a linha Quatro Barras (Graciosa) vai voltar a fazer seu itinerário antigo pela Trincheira do Atuba a partir desta segunda-feira (26), conforme divulgado nesta semana pela Viação Castelo Branco. Sendo assim, o coletivo deixa de passar por dentro da Vila Zumbi dos Palmares, em Colombo, fazendo o trajeto anterior pela Estrada da Graciosa.

Desde o último dia 6 de junho a linha teve seu trajeto alterado, o que gerou insatisfação de usuários. Isso porque para acessar a BR-116, a linha deixou de atender parte da Estrada da Graciosa. A Viação Castelo Branco, empresa que opera o serviço, justificou que as mudanças foram feitas em conformidade com a Comec, e foi motivada pelos atrasos que a linha vinha sofrendo devido aos constantes congestionamentos registrados na região da Trincheira do Atuba durante os horários de pico.

O problema envolvendo a mudança da linha Quatro Barras (Graciosa) foi debatido durante uma Audiência do Transporte Público realizada no último sábado (18) na Câmara de Vereadores de Quatro Barras, que reuniu a comunidade e representantes da Comec e da Viação Castelo Branco. Em consenso com a Comec, a empresa de transporte resolveu atender a reivindicação dos usuários.

Nesta semana, a Viação Castelo Branco deu início a divulgação da “novidade” aos usuários, colocando cartazes nos terminais de ônibus e no interior dos coletivos. Durante o período em que a linha fez o trajeto pela Vila Zumbi, a Castelo informou que não foi registrado atrasos.

Impasse no trevo

A pedido do Linkada News, a concessionária Autopista Régis Bittencourt informou que as obras do Trevo da Cruz do Atuba, no km 17,5, estão paralisadas desde agosto de 2014, em razão dos processos legais para a liberação das áreas adjacentes às obras, cujos processos de desapropriação ainda tramitam na 1ª e 2ª Varas de Colombo/PR.

Segundo a concessionária, os viadutos que seriam construídos para desafogar o tráfego de veículos na região já foram concluídos, porém, continuam pendentes a construção da trincheira adicional, que será paralela à existente, e toda a parte viária do trevo. O projeto contempla ainda novas alças de acesso às futuras marginais que serão implantadas junto ao trevo.

(Foto: Adilson Santos)


1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/7

1/5

1/6