495450580893305 Redução de subsídios repassados às distribuidoras deixa gás de cozinha mais caro

Redução de subsídios repassados às distribuidoras deixa gás de cozinha mais caro



A Petrobras anunciou nesta semana a redução de alguns subsídios repassados às distribuídas de Gás Liquefeito de Petróleo, o popular gás de cozinha. A redução envolve a alteração dos contratos da companhia com as distribuidoras, o que pode acarretar na elevação do preço do botijão nos próximos dias.

Segundo a empresa, a mudança deve ter impacto de R$ 0,20 a R$ 0,50 centavos por unidade, representando um aumento de 0,36% no preço do botijão. Os valores vão variar de acordo com as distribuidoras.

Reajuste de combustíveis No mês passado, a Petrobras informou que reduziria o preço da gasolina e do diesel nas suas refinarias, pela primeira vez desde 2009. A companhia decidiu reduzir o preço do diesel em 2,7% e da gasolina em 3,2% na refinaria.

Segundo a petroleira, se a redução aplicada na refinaria fosse integralmente repassada ao consumidor final, na bomba dos postos, o diesel poderia cair 1,8%, ou R$ 0,05 por litro. Já a gasolina pode cair 1,4%, ou R$ 0,05 por litro.

Na semana passada, o preço médio do litro da gasolina no país caiu menos de um centavo,segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), duas semanas após anúncio da Petrobras de redução de preços.

Na semana encerrada no dia 29 de outubro, o preço médio do combustível para o consumidor ficou em R$ 3,669 - queda de apenas R$ 0,002 em relação à semana terminada em 22 de outubro, quando o preço era de R$ 3,671.

(Foto: Divulgação)


1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/7

1/5

1/6