495450580893305
 
  • Portal Linkada News

Retomada das aulas no sistema híbrido está prevista para o dia 26 em Quatro Barras

A partir da próxima semana, os alunos dos 5º anos do ensino fundamental, já autorizados pelos pais através de termo de responsabilidade, poderão retornar às salas de aula para ter o ensino presencial. Segundo a Secretaria de Educação, a escolha destas turmas ocorreu de comum acordo entre secretaria e diretores das instituições, em virtude da transição dos alunos para o 6º ano e da aplicação da prova do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (SAEB), que será realizada neste ano, a nível nacional. O SAEB consiste num conjunto de avaliações para fornecer um diagnóstico da educação básica no Brasil.


As demais turmas irão retornar gradativamente às salas, conforme cronograma elaborado pela Secretaria Municipal de Educação. Este calendário será previamente comunicado às famílias, levando em consideração a evolução do quadro epidemiológico do município. Cabe ressaltar que caberá aos pais a escolha pelo modelo de ensino aplicado a seus filhos.


Este novo marco para a educação e também para as famílias acontece com base em um planejamento que vem sendo realizado desde o início do ano, envolvendo todos os profissionais da Educação, e considerando outro fator também importante: o avanço da vacinação. Esta junção de fatores levou o Comitê Multidisciplinar de Retorno às Aulas Presenciais, da Secretaria Municipal de Educação, a optar pelo retorno do ensino, no modo híbrido.


O modo de ensino híbrido consistirá em aulas presenciais e remotas, em semanas alternadas. As aulas presenciais serão ministradas por professores de todas as disciplinas, como Língua Portuguesa, Matemática, Ciências, História, Geografia, Arte, Ensino Religioso e Educação Física. Nas atividades realizadas de forma remota, ou seja, em casa, os alunos receberão suporte e orientações dos professores de Apoio Pedagógico.


Os alunos, cujos pais optarem exclusivamente pelo sistema remoto, também receberão orientações dos professores de Apoio Pedagógico. O desenvolvimento das atividades seguirá o planejamento já elaborado pela Secretaria Municipal de Educação, em conjunto com as equipes pedagógicas e professores das escolas, com base nos Cadernos de Atividades e no Livro Didático do aluno.

Foto: Comunicação PMQB

CUIDADOS E PROTOCOLOS DE SAÚDE - Ao retornar às escolas, os alunos serão orientados sobre os protocolos de saúde que passarão a fazer parte do seu dia a dia. Medidas como a higienização das mãos, práticas de distanciamento, entre outros procedimentos, serão previamente indicados.


O Protocolo de Atividades Presenciais, que deverá ser seguido tanto por alunos como por profissionais da rede municipal de ensino, prevê, por exemplo, o uso obrigatório de máscaras, uso de álcool em gel, tapetes sanitizantes, interdição de bebedouros coletivos, aferição de temperatura, entre outros.


O protocolo também prevê o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as carteiras nas salas de aula e a divisão dos alunos por grupos, de forma que o comparecimento às escolas ocorra em semanas alternadas, de acordo com a demanda da turma. Além disso, cada instituição também terá uma Comissão Local, formada pela comunidade escolar, que acompanhará todo o processo de retorno das aulas.


TRANSPORTE ESCOLAR - O transporte escolar municipal será oferecido aos alunos e seguirá as orientações de cuidados e higienização previstas no Protocolo de Retorno das Atividades Presenciais. A Secretaria Municipal de Educação, no entanto, recomenda aos pais ou responsáveis que possuam transporte próprio a conduzir o aluno à escola, caso seja possível.


"Todas as escolas foram preparadas de maneira bastante prudente para este retorno gradual dos alunos, desde a elaboração do trabalho pedagógico, setorização de ambientes, kits de higiene e proteção, fornecimento de alimentação e transporte escolar. Nossas equipes estão prontas para a retomada, com segurança para alunos, familiares e profissionais de ensino", disse o secretário de Educação, Fredinei Rodrigues.


PAIS PODERÃO OPTAR PELO SISTEMA HÍBRIDO AO LONGO DO ANO - A definição pelo método de ensino, se híbrido ou remoto, já foi apontada por muitos pais ou responsáveis, o que não impede que sua decisão mude ao longo do ano. Os pais que neste momento optaram pelo ensino remoto e que, porventura, desejarem que seus filhos passem a integrar o sistema híbrido poderão fazê-lo.


A Secretaria de Educação orienta aos pais que procurem a direção da escola e assinem o termo de responsabilidade para inserção no sistema híbrido. Diante desta demanda, a instituição irá reorganizar as escalas dos alunos para que, os que assim optaram, também sejam inseridos neste modelo.


A FAMÍLIA NESTE PROCESSO - Além dos protocolos, cuidados e do planejamento pedagógico, a Secretaria de Educação também destaca outro ponto imprescindível para esta nova fase que inicia: o acompanhamento, de perto, de pais, avós ou familiares. A reaproximação dos alunos com a escola deve ser um processo de acolhimento, de atenção e de carinho. Mais do que nunca a presença da família neste retorno é peça chave para que a criança volte a se familiarizar com o espaço e a rotina escolar.


Diante do processo de retomada, o prefeito Loreno Tolardo disse que o momento é de satisfação. "Como gestor, presenciar este momento de retorno, de receber novamente as nossas crianças nas escolas, é um misto de satisfação e otimismo. Trabalhamos muito para isso, seja no combate efetivo à pandemia, seja no planejamento da nova logística e organização dentro dos espaços escolares, sempre com o compromisso de zelar pela saúde dos nossos alunos e educadores. De forma segura, responsável e gradual, agora daremos novamente as boas vindas às nossas crianças", comemorou.


1/1

1/1

1/2

1/1

1/1

1/2

1/1

1/10

1/2

1/5