495450580893305
top of page
  • Foto do escritorPortal Linkada News

Saiba como está o processo para a construção do Novo Hospital Geral de Colombo

A Prefeitura Municipal de Colombo informou que o processo técnico que antecede o início da construção do Novo Hospital Geral, está seguindo todos os critérios legais e as seis etapas do projeto. Após a conclusão das cinco etapas, a sexta fase, que é da licitação pode estar próxima do fim. Das cinco empresas que entraram na concorrência, uma foi inabilitada, permanecendo quatro, que estão em fase de recursos e contrarrazões.

Foto: Divulgação

Confira as 6 etapas que antecedem a obra:


𝟭ª 𝗘𝘁𝗮𝗽𝗮

Na primeira etapa ainda em 2021, a Prefeitura realizou um estudo para levantar: quais as especialidades e serviços médicos a população de Colombo mais necessitam, quais são os serviços médicos que fazem com que a população fique mais tempo em filas de espera, quais os tipos de cirurgias que mais demandam na rede de saúde e quais os exames médicos que mais têm fila.


𝟮ª 𝗘𝘁𝗮𝗽𝗮

Nesta fase foi realizada a definição do terreno e a elaboração do estudo de viabilidade. O objetivo foi definir um local com tamanho adequado para construção da maior obra pública da história de Colombo, que compreende 13.000 m².


Definido o Perfil Assistencial necessário e o terreno, foi desenvolvido o estudo de viabilidade, ou seja, o documento técnico que chancelaria a continuidade do projeto nesse espaço, até então sugerido. Esse documento foi elaborado por técnicos de diversas áreas do Estado e do Município como: arquitetos, engenheiros, enfermeiros, médicos, entre outros).


𝟯ª 𝗘𝘁𝗮𝗽𝗮.

É notório no ramo que a construção de um hospital é uma das obras mais desafiadoras da engenharia civil e arquitetura.


Graças a uma parceria entre a Prefeitura de Colombo e o Governo do Estado, a Volkswagen pagou os custos de todos os projetos para construção do Hospital, no valor de R$ 850.000,00, desenvolvidos pela empresa MEP, de Londrina, através do programa Paraná Competitivo. Foram 43 projetos, com orçamento para construção da unidade hospitalar estimado em R$ 67 milhões.


𝟰ª 𝗘𝘁𝗮𝗽𝗮.

Os 43 projetos de engenharia e arquitetônicos foram encaminhados para a Vigilância Sanitária (Municipal e Estadual), PRED (Engenharia da SESA) e Corpo de Bombeiros. Os órgãos corrigiram e validaram cada um deles.


𝟱ª 𝗘𝘁𝗮𝗽𝗮

Nesta fase foi assinado o Convênio entre a Prefeitura e o Governo do Estado para a execução da obra. Foi viabilizado para essa primeira parte da edificação, R$ 20 milhões do orçamento do Estado e R$ 47 milhões com recursos próprios do município.


O convênio foi aprovado pelo Tribunal de Contas (TCE) e pela Procuradoria Geral do Estado (PGE).


𝟲ª 𝗘𝘁𝗮𝗽𝗮.

Atualmente a construção do Hospital Geral de Colombo está na fase de licitação da obra, atendendo todas as exigências da Lei 8.666 (Lei de Licitações).

• Elaboração do Edital;

• Publicação do Edital;

• Tramitação do Edital;

• Definição da empresa vencedora;

• Assinatura do contrato;

• Início das obras.


Após concluída esta 6ª etapa, a Prefeitura informou que dará início as obras. O novo Hospital Geral de Colombo será construído numa área de 13 mil metros quadrados no Jardim Monza. Vão ser cinco pavimentos, além de área técnica, e mais dois já projetados para ampliação futura.


Nesta primeira fase, a unidade conta com 126 leitos de internação efetivos, sendo 95 adultos, 21 pediátricos e dez UTIs adultos, além de outros sete de Recuperação Pós-Anestésica e de Recuperação Pós-Exames. Vão ser nove consultórios com atendimento em diversas especialidades, para 7.204 consultas mensais. São ainda quatro salas cirúrgicas, com previsão de 400 por mês. As enfermarias e quartos podem internar até 869 pacientes adultos mensalmente e mais 192 pediátricos. Já a UTI pode receber até 75 pessoas por mês.

 


Comments


  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
bottom of page