495450580893305

Servidoras da Câmara Colombo participaram de palestra sobre o Outubro Rosa


Na última quinta-feira (19/10), a Câmara Municipal de Colombo realizou uma palestra alusiva ao "Outubro Rosa", intitulada “Saúde da Mulher” para as servidoras do legislativo. Também participaram os vereadores Dolíria Strapasson (PSDB), Vardão (PSB), Élcio do Aviário (PSDB), Marcos Dumonte (PEN) e Anderson Prego (PT). A maioria das servidoras compareceu ao evento vestidas com peças de roupa cor de rosa em alusão à campanha.


A palestra foi ministrada pela enfermeira Josiane Lunardon que repassou informações relevantes sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama e de colo de útero. Josiane ensinou sobre as técnicas do autoexame, além de abordar fatores de risco e as formas de prevenir a doença. “O objetivo é falar sobre a importância da detecção precoce do câncer de mama e, sobretudo, da prevenção da doença. Estima-se que 30% dos casos de câncer de mama possam ser evitados quando são adotadas práticas saudáveis como: praticar atividade física, alimentar-se de forma saudável, manter o peso corporal adequado, evitar o fumo e o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, amamentar, realizar exame de mamografia e autoexame”, salientou Josiane.

De acordo com a Enfermeira, apesar de o câncer ser uma doença, na maioria das vezes, com desenvolvimento silencioso, algumas mulheres sentem mudanças no corpo. Os sintomas incluem nódulo na mama, pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja, pequenos nódulos na região embaixo dos braços (axilas) ou no pescoço, secreção com sangue pelo mamilo e alterações na forma/ textura do mamilo ou da mama. O tratamento depende da fase do tumor e pode incluir quimioterapia, radioterapia e cirurgia. Diferentemente do que se pensa, essa doença também atinge a população masculina, porém é raro, sendo responsável por 1% do total de casos da doença. Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca) e destacada pela palestrante, o câncer de mama é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres e a maioria dos casos costuma ter um prognóstico favorável se diagnosticado e tratado precocemente. No Brasil, o câncer de mama responde por cerca de 28% dos casos novos a cada ano e a estimativa é de 60 mil novos casos por ano em mulheres cada vez mais jovens. Quanto mais cedo for o diagnóstico, mais chances de cura. A entidade informa que, quando descoberto no início, há 95% de probabilidade de recuperação total. “O diagnóstico precoce é importante para detectar a presença de tumores e a possibilidade de câncer de mama. Quando a descoberta é feita no início, o tratamento se torna mais eficaz e as chances de cura são maiores. Por isso, é importante estar atenta ao corpo, se olhar no espelho e fazer o autoexame. A prevenção é o melhor remédio”, recomendou a palestrante Josiane Lunardon.

(Foto: Câmara Colombo)


1/1

1/10

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/2