Sesp decide que Paraná não terá Lei Seca durante a votação das eleições


A Secretaria Estadual da Segurança Pública (Sesp-PR) atendeu o pedido da Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas (Abrabar) e decidiu mais uma vez pelo veto da Lei Seca nas eleições que acontecerão no próximo domingo (7). Esta é a sexta vez que a associação consegue impedir a determinação.

A lei impede a venda, a compra e o consumo público de bebidas alcoólicas durante o dia da votação, entre as 6h da manhã e às 18h da tarde. As pessoas que forem flagradas vendendo, comprando ou consumindo bebidas alcoólicas vão ser conduzidas até a delegacia. A determinação foi criada com o objetivo de promover a ordem e tranquilidade pública.


Para o presidente da Abrabar, Fábio Aguayo, essa medida é ultrapassada e todo ano eleitoral a associação consegue ter sucesso no pedido de veto da Lei. “Ela não tem amparo legal. Já funciona em outros estados, como Santa Catarina e Rio de Janeiro”, esclarece.

Além disso, Fabio Aguayo afirma que, por causa desse tipo de proibição, o setor de bares e casas noturnas tem muitos prejuízos. “Chegamos a ter até 80% de prejuízos. A conta não fecha. Não há necessidade disso no Paraná”, comenta.

Nas últimas eleições, o Paraná não apresentou graves ocorrências relacionadas a liberação da bebida alcoólica durante o pleito.

(Foto: Divulgação/Internet)

#LinkadaNews #eleições #LeiSeca

1/1

1/1

1/3

1/1

1/6