495450580893305

STF afasta ministro do trabalho e manda prender chefe de gabinete na Operação Registro Espúrio


O Supremo Tribunal Federal (STF), por meio do ministro Edson Fachin, suspendeu de suas funções o ministro do Trabalho, Helton Yomura. Ele é um dos alvos da 3ª fase da Operação Registro Espúrio, da Polícia Federal, que tem como objetivo aprofundar as investigações a respeito de organização criminosa que atua na concessão fraudulenta de registros sindicais no Ministério do Trabalho.

Entre os alvos da operação estão também o deputado federal Nelson Marquezelli do (PTB-SP) e o chefe de gabinete de Yomura, Julio de Souza Bernardes que teve sua prisão decretada. Tanto o ministro quanto o deputado estão proibidos de exercerem suas funções ou frequentar a pasta, salvo autorização prévia do STF.

A PF cumpre ainda hoje 10 mandados de busca e apreensão em Brasília e no Rio de Janeiro.


(Foto: Divulgação Internet)


1/1

1/10

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/2