495450580893305 Suspeito de matar ex- colega em posto de gasolina é preso em Colombo

Suspeito de matar ex- colega em posto de gasolina é preso em Colombo


Da Redação com PCPR

Na última sexta- feira (19), policiais civis da Delegacia de Colombo prenderam, em Curitiba, Reinaldo Soares Gonçalves, de 30 anos, suspeito de matar seu ex- colega em um posto de combustível em Colombo. Contra ele havia um mandado de prisão expedido pela 2.ª Vara Criminal de Colombo pela prática do crime de homicídio em que foi Claudemir Logenski, 37 anos.

No momento da prisão, Gonçalves portava uma pistola calibre 9 milímetros. “Por isso ele também foi autuado em flagrante pelo crime de porte ilegal de arma de fogo de uso restrito”, explicou o delegado Erineu Sebastião Portes.

Gonçalves teria marcado um encontro com a vítima por volta das 12h do dia 09 de novembro, em um posto de combustíveis, onde executou com vários disparos de arma de fogo. A motivação do crime foi pelo fato de Logenski ter se aproximado de rivais de Gonçalves.

Prisão

A decretação da prisão preventiva de Gonçalves ocorreu após a conclusão das investigações. A partir daí, os investigadores realizaram várias diligências em busca do assassino. No último dia 19, os policiais o prenderam quando ele conduzia seu veículo Ford Ka preto. No momento da prisão, ele portava uma pistola, suposta arma de fogo utilizado no crime de homicídio.

Tentativa de homicídio

Uma semana após ter assassinado Logenski, Gonçalves trocou tiros com um policial militar que tentou intervir quando ele agredia uma mulher. Gonçalves disparou várias vezes contra o policial, que felizmente saiu ileso do confronto.

“Gonçalves já contava com passagens pela polícia, pelos crimes de homicídio e tráfico de drogas. Ele encontra-se preso no setor de carceragem da Delegacia de Colombo, estando à disposição da Justiça”, explicou Portes.

Foto Divulgação: Polícia Civil

#suspeitodematarexcolegaempostodegasolinaépresoemcolombo

1/1

1/4

1/7

1/1

1/6

1/5