495450580893305 Troca de tiros, suspeitos baleados e uma mulher presa após assalto no Jd Paraná

Troca de tiros, suspeitos baleados e uma mulher presa após assalto no Jd Paraná



Um assalto à uma farmácia no bairro Jardim Paraná, em Colombo, movimentou as equipes da Polícia Militar na noite desta quarta-feira (30). Houve troca de tiros entre polícia e assaltantes que assustou os moradores da região. No confronto, dois bandidos acabaram baleados e uma jovem envolvida no assalto presa. Um revólver utilizado no assalto também foi apreendido.

Era por volta das 19h30 quando o assalto aconteceu. Os três estavam em um veículo Sandero de cor vermelha, e sem levantar suspeitas, estacionaram o carro há alguns metros do estabelecimento. Se passando por clientes, dois deles adentraram a farmàcia e anunciaram o assalto à atendente. Na ação, fizeram ameaças de atirar caso o dinheiro do caixa não fosse entregue.

Em seguida, quando saíam da farmácia, deram o azar de cruzar com um policial militar de folga, que percebeu o assalto e tentou impedir a fuga, mas foi recebido a tiros pelos jovens, que fugiram a pé pela rua Paulo de Andrade. Imediatamente viaturas da PM foram acionadas até o local após pedido de reforço do policial. Um dos suspeitos identificado como Jamil da Silva Soares, 36 anos, adentrou por um terreno baldio e foi alvejado com um tiro na nádega e no pé direito. Como ele foi apreendido um revólver, calibre 38, plenamente municiado.


Populares relataram que a motorista que deu cobertura aos assaltantes retornou com o veículo para socorrer um dos comparsas baleados. Ousados, os dois chegaram a efetuar disparos contra o policial que procurava se esconder dos tiros. A moça, identificada como Daiane Ribeiro dos Santos, 18 anos, se entregou à polícia ao ser abordada em fuga com o veículo, que econtrava-se com várias perfurações na lataria. Segundo o apurado pela polícia, a jovem era namorada de um dos envolvidos no roubo.

O outro supeito que participou do assalto, Adilson Soares, levou um tiro no peito e foi encontrado caído no interior de uma igreja evangélica, localizada na rua Paulo de Andrade, no bairro Santa Rita. Com Adilson foi encontrado a quantia de R$ 131,00 (cento e trinta e um reais) em dinheiro, e outros pertences que foram subtraídos da farmácia. Ele socorrido por uma ambulância do Siate ao Hospital Angelina Caron em estado grave.

Assustada, a proprietária da farmácia não quis comentar o ocorrido, mas se mostrou preocupada com a falta de segurança na região. Este foi o 15º assalto contra o estabelecimento segundo ela. “A segurança pública está um caos. Ter um comércio atualmente não é nada fácil. Além dos altos impostos que pagamos, o governo não dá a devida atenção à segurança”, desabafou.

Assalto similar

Em janeiro de 2014, um assalto similar praticado contra a mesma farmácia também resultou em troca de tiros e na prisão de dois assaltantes. Na ocasião, a quadrilha composta por cinco indivíduos, ameaçou amarrar os funcionários no laboratório do estabelecimento para que ninguém chamasse a polícia. Na fuga, eles usaram o carro da proprietária e deixaram a pé outros dois comparsas. Um policial à paisana percebeu a ação e perseguiu os assaltantes. Houve troca de tiros e um deles acabou ferido e outro se entregou. Para conferir esta outra matéria CLIQUE AQUI.

(Fotos: Colaboração de Bruna Bueno e Amarildo Cordeiro)


1/1

1/1

1/3

1/1

1/6