495450580893305

Um esporte para a vida: conheça a história do paratleta campinense de Power Soccer

Atualizado: Jan 6


Foto: Colaboração/Claudiane de Fatima Ribeiro

Um jovem paratleta campinense vem se destacando junto à equipe de futebol de cadeira de rodas, o Fortaleza Power Soccer. Wilson Matheus Ribeiro de Oliveira, de 24 anos, já completa dois anos no time que este ano conquistou o segundo lugar no Campeonato Brasileiro de Power Soccer.


O paratleta, que tem Distrofia Muscular de Duchenne, começou a praticar esportes com aproximadamente 11 anos de idade. Inicialmente, ele treinava em uma equipe de uma universidade de Curitiba, na qual ficou por dois anos. Em seguida, foi para outro time e após três anos praticando a modalidade teve que ficar um ano sem jogar e sem participar de campeonatos devido à falta de equipes.


Mas o auge da carreira de Matheus veio aos 22 anos, quando ele foi convocado para a atual equipe em que joga, o Fortaleza Power Soccer. A mãe do paratleta, Claudiane de Fatima Ribeiro, concedeu uma entrevista ao Linkada News e contou que como o time é de outro estado, o rapaz fez alguns treinamentos no Complexo Esportivo Pedro Dalprá Filho, localizado na Sede de Campina Grande do Sul, onde treinava duas vezes por semana.


Claudiane contou ainda que o Power Soccer foi o esporte em que o Matheus mais se identificou e que a saúde dele teve uma considerável melhora após se inserir nessa modalidade, bem como a autoestima. “Ele não gostava de sair, de estar em lugares que tivessem muitas pessoas e depois do esporte, ele mudou totalmente”, afirmou ela.


O ESPORTE - O Power Soccer é uma das modalidades esportivas que promove a inclusão de pessoas com deficiência. Os paratletas são divididos em duas categorias: PF1 (maior comprometimento motor) e PF2 (comprometimento moderado). Além disso, as equipes podem ser mistas, ou seja, homens e mulheres jogam juntos.

1/1

1/10

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/2