495450580893305 Vídeo: carros estacionados em local proibido atrapalham trânsito no Jd Paulista

Vídeo: carros estacionados em local proibido atrapalham trânsito no Jd Paulista


Não é de hoje que motoristas e pedestres vêm reclamando de veículos estacionados em locais proibidos em Campina Grande do Sul. A cena é rotineira e costuma ser registrada, em sua maioria, nas ruas do maior centro comercial da cidade; o Jardim Paulista. Uma internauta do Linkada News se mostrou indignada com uma situação presenciada por ela nos últimos dias.

Alguns veículos foram flagrados estacionados em local proibido, mas um deles chamou a atenção da cinegrafista amadora. Conforme consta nas imagens enviadas à nossa redação, se não bastasse parar em local inapropriado, a motorista de um Fox não se importou em deixar o carro na contramão por vários minutos. O incidente aconteceu próximo ao terminal de ônibus, na rua Angelo Antônio Zanchetin, entre a Juscelino Kubitschek de Oliveira e João Trevisan.

Nas imagens, é possível ver que o carro em questão atrapalha ainda mais a passagem de outros veículos, em especial os de grande e médio porte, como foi o caso de um caminhão baú e de dois ônibus coletivos que saíam do terminal rodoviário. A maior indiganção da internauta foi quando uma viatura da Guarda Municipal passou pelo local e os agentes não orientaram a motorista sobre irregularidade.

“Eu não entendo. Nós que trabalhamos aqui não podemos deixar um segundo o carro na frente dos comércios sob o risco de multas, porém, no caso específico o carro permanece por mais de cinco minutos atrapalhando o trânsito e ninguém faz nada?”, indaga a internauta.

De acordo com o Art. 181 do Código de Trânsito Brasileiro, estacionar em local proibido é infração grave, com multa de R$ 127,69 e 5 pontos na CNH. Além disso, tem como medida administrativa a remoção do veículo.

Em contato com alguns agentes da Guarda Municipal que fazem rondas pela região, os mesmos informaram que a GM, ao contrário do que muitos pensam, não tem estrutura para aplicar multas de trânsito. A justificativa seria porque o município não conta com um convênio com os órgãos de trânsito responsáveis.

Veja o vídeo feito pela internauta:



1/1

1/1

1/3

1/1

1/6