495450580893305 Vandalismo faz cidade de Colombo perder R$ 384 mil por ano com placas de sinalização

Vandalismo faz cidade de Colombo perder R$ 384 mil por ano com placas de sinalização


A Prefeitura de Colombo gasta R$ 384 mil por ano para recuperar placas de sinalização danificadas ou furtadas. Os bairros com os maiores índices de vandalismo de acordo com o levantamento realizado em 2016, pela Secretaria de Obras e Viação, pasta responsável pela sinalização do trânsito do município, são o Guaraituba e o Jardim Monza.


Segundo o Secretário da pasta, Agnaldo Santos, o custo de uma placa ao município, em média, é de R$ 160,68 cada unidade, entre a fabricação e a instalação. “É uma perda muito significativa para o município, principalmente, em uma época de crise, em que todas as economias são importantes. O valor gasto com a troca das placas daria, por exemplo, para construir meio quilômetro de asfalto novo por ano”, exemplifica Santos.

Mensalmente, as equipes da Prefeitura realizam o reparo de cinco placas, gerando uma despesa de R$ 32.574,74 mil e interferindo na segurança de pedestres e motoristas. O número preocupa, visto que durante todo o ano de 2016 foram gastos pela Prefeitura, R$ 384 mil.

“São vandalizadas 1.320 placas ao ano, que além do custo financeiro proporcionado ao município, aumenta os riscos de acidentes de trânsito, pois as vias do município possuem um grande trafego de veículos circulando diariamente”, alerta o secretário da pasta.

A Secretaria de Obras e Viação está disponível para receber denúncias pelo telefone 41-3663.2244 e/ou no endereço: Rua Antonio Francisco Scrock, 337 – São Gabriel. “Com a população nos ajudando e denunciando, aumenta as chances de evitar o vandalismo, além de agilizar a substituição das placas”, explica Santos.

(Foto: Marcio Fausto - PMC)


1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/7

1/5

1/6