495450580893305 Veranistas podem ficar sem água no Litoral paranaense neste final de ano

Veranistas podem ficar sem água no Litoral paranaense neste final de ano


Da Redação

A Sanepar, empresa responsável pelo fornecimento de água em todo Paraná, admitiu que o litoral paranaense poderá ficar sem água neste final de ano. Segundo a empresa, os principais motivos são: o uso irracional e o desperdício.

A Sanepar alertou que dias de pico, como o Réveillon, são os dias que mais correm riscos de sofrer como o desabastecimento. Com a intenção de alertar os veranistas sobre o consumo consciente da água, a Sanepar está distribuindo folhetos e materiais informativos para os veranistas.

Um dos vilões do consumo de água nas praias são as piscinas. Segundo o gerente da Sanepar no Litoral, Romilson Gonçalves, a capacidade delas varia entre mil e dez mil litros. E para que a água não falte para ninguém, é preciso economizar. “Considerando que para o litoral, a quantidade per- capita de consumo é de 200 litros por segundo, uma piscina de 10 litros, corresponde a aproximadamente 50 pessoas, então o consumo é alto, consumo per capita é alto, e a recomendação é que essa água seja utilizada, porém, ela seja protegida para que tenha o maior tempo útil possível”, explica.

O gerente ainda alerta que não é necessário trocar a água todos os dias. Basta cobrir a piscina quando não estiver em uso e adicionar uma colher de água sanitária para cada mil litros de água. Outras dicas são mais conhecidas, como evitar o uso de mangueiras, reaproveitar a água para lavar calçadas, reduzir o tempo do banho. E, é claro, fechar sempre a torneira na hora de escovar os dentes, se barbear e lavar a louça.

Da redação com BandNews Curitiba


1/1

1/4

1/7

1/1

1/6

1/5