495450580893305 Visitantes do Pico Paraná não precisam mais pagar para entrar no parque

Visitantes do Pico Paraná não precisam mais pagar para entrar no parque



Os visitantes do Parque Estadual Pico Paraná têm, a partir desta semana, acesso livre a um dos principais pontos turísticos da região. O local, que fica no topo de montanhas, ganhou uma área de passagem que foi desapropriada pela Prefeitura de Campina Grande do Sul e que deve ser repassada em regime de comodato ao Instituto Ambiental do Paraná (IAP), órgão responsável pela Unidade de Conservação. Antes, visitantes e montanhistas tinham que caminhar por áreas particulares e a entrada era cobrada por fazendeiros da região. Com a desapropriação, o acesso ao parque passou a ser gratuito, sem porteiras.

“Nossa expectativa é que o acesso livre às áreas públicas fomente a visitação e o turismo na região, que é um dos cartões postais de Campina”, comenta Jefferson Cordeiro, procurador do município. A área que foi desapropriada é de 23.988,83 metros quadrados.

“Os moradores da região podem manter a cobrança por serviços prestados, como estacionamento, alimentação e hospedagem”, explica o diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas do IAP, Guilherme Vasconcellos. De acordo com o diretor, a área de acesso deve receber investimentos em breve para dar melhores condições de uso aos visitantes. “Estamos montando o processo de licitação para construir uma base para os montanhistas e estrutura de acesso aos visitantes que passarão a ter um abrigo e banheiros, o que não podíamos oferecer, até então, por conta da falta de posse de área pública na base dos morros”, diz.


1/1

1/1

1/3

1/1

1/6