495450580893305 Denúncia de poluição no Rio do Cerne repercute em rede social e morador de Campina pede ajuda para r

Denúncia de poluição no Rio do Cerne repercute em rede social e morador de Campina pede ajuda para r


O Rio do Cerne, que corta o município de Campina Grande do Sul, está sofrendo com o mau cheiro causado por uma espécie de óleo poluente que é liberado nas águas do local. A suspeita é que o produto venha de empresas da região.

Na última quinta-feira (15), o morador da cidade e frequentador do rio, João Lennon Crozetta fez uma publicação no Facebook mostrando a situação do rio e como isso está levando muitos dos peixes que existem no local a morrer. Na postagem ele comenta que o rio está poluído há cerca de dez anos e que poucos dos peixes conseguiram ser salvos. Além disso, ele pede a ajuda das pessoas para que o problema seja resolvido.


A reportagem do Linkada News entrou em contato com João Lennon, e em entrevista ele disse que como a situação do rio não é recente, os órgãos competentes já foram solicitados. “Já foi pedido ajuda do IAP e vereadores de Campina, mas nunca acontece nada”, afirmou ele.

Além disso, o morador contou ao Linkada News que o veneno é despejado no rio sempre nos dias de chuva e, nesses momentos, não há muito que fazer para controlar a poluição. Outro problema, segundo ele, é também a saúde dos animais que bebem a água que passa por ali. Além disso, apesar do mau cheiro, o rio ainda recebe a visita de várias pessoas, que aproveitam o local para lazer nos finais de semana.

Acompanhe o vídeo em que o denunciante mostra a situação do rio.

ATUALIZAÇÃO:

Em nota oficial, o Instituto Ambiental do Paraná (IAP) respondeu ao Linkada News que "recebeu a denúncia nesta segunda-feira (19) sobre o aparecimento de substância tóxica no Rio Cerne, em Campina Grande do Sul, e está analisando a solicitação para encaminhamento de técnicos no local. Um procedimento será adotado e assim que realizado, será divulgado".

(Foto: Facebook/João Lennon Crozetta)


1/1

1/1

1/6

1/1

1/1