Pacientes do SUS esperam horas para serem atendidos no Angelina Caron


Entre os pacientes que procuram atendimento médico pelo SUS no Hospital Angelina Caron, em Campina Grande do Sul, a queixa mais comum é a demora, principalmente nos finais de semana, quando as Unidades Básicas de Saúde não funcionam. A espera por uma simples consulta pode levar horas.


Na noite do último sábado (30) uma paciente procurou o Linkada News se queixando que passou a tarde toda no hospital aguardando atendimento, e depois de 7 horas de espera, finalmente conseguiu uma consulta no pronto atendimento. Nossa equipe foi até o hospital e constatou que a recepção estava lotada, o que é considerado normal pelo estabelecimento que recebe pacientes de outras cidades da região metropolitana.

A paciente que mora em Campina Grande do Sul e preferiu não mostrar o rosto também reclamou da triagem que estava sendo feita na recepção. “Dei entrada às 13h, reclamei três vezes que meu prontuário não estava pronto. Eles acabaram perdendo o meu prontuário e tive que fazer outro novamente. Eu acho uma degligência com as pessoas que necessitam do hospital, pois tem uma médica para atender várias pessoas. Quem tem dinheiro é atendido rápido. Quem não tem fica esperando”, disse.


Em conversa com outros pacientes não foi difícil encontrar casos parecidos com o da internauta. José Marcos, morador de São José dos Pinhais, estava acompanhando o irmão há mais de 12 horas. “Meu irmão deu entrada às 10h e só às 5 da tarde foram atender. Agora são mais de 10 da noite e eu querendo ir embora, e eles não decidem se internam ou se mandam embora. Estou aguardando sem almoçar, jantar, até agora”, desabafou.

O Linkada News procurou a assessoria de imprensa do hospital e aguarda retorno.


1/1

1/1

1/3

1/1

1/6