495450580893305 Presos quebram telhado e caem para dentro de casa durante fuga na delegacia de Campina Grande do Sul

Presos quebram telhado e caem para dentro de casa durante fuga na delegacia de Campina Grande do Sul



Na madrugada desta quinta-feira (29) uma fuga de presos assustou os moradores que residem nas imediações da delegacia de Campina Grande do Sul, na região central da cidade. Seis elementos conseguiram escapar, e na fuga, acabaram quebrando o telhado e caindo para dentro de uma casa, que fica ao lado da unidade prisional.

De acordo com informações levantadas pelo Linkada News, a fuga foi percebida através de câmeras de monitoramento por um agente de plantão, que conseguiu evitar que mais presos escapassem. Os presos serraram as grades de proteção e fugiram pelo teto da delegacia. Na fuga, parte da cerca de segurança instalada no muro foi cortada pelos fugitivos. Tiros para o alto foram disparados na tentativa de acomodar os detentos novamente na cela.

Equipes da Polícia Militar, da Guarda Municipal e do Cope foram acionadas para apaziguar a situação e tentar recapturar os fugitivos. Até o fechamento desta reportagem, dois presos foram recapturados por agentes da Guarda Municipal, os outros quatro permanecem foragidos.

Susto


“Parecia que a casa estava caindo. O barulho foi muito forte, acordamos assustados”. Assim descreveu uma família que teve parte do teto da residência, em que vive, destruído pelos fugitivos. Os moradores acreditam que o telhado, que é de amianto, não suportou o peso dos presos e cedeu.

Após caírem para dentro da residência, os fugitivos ficaram enclausurados e quebraram a porta de vidro da garagem para terem acesso ao lado de fora do imóvel. A família contou que os elementos fugiram pulando os muros da vizinhança.

Ainda conforme relato da família, esta não foi a primeira vez em que os criminosos usam o teto da residência para fugir. “Teve um dia que estávamos ali fora conversando, de repente, vimos um rapaz algemado no telhado. Ele ainda falou que não ia descer em cima do carro para não amassar. Houve casos de ouvirmos apenas os passos nas telhas, mas de caírem dentro de casa foi a primeira vez”, disse a moradora, que preferiu não se identificar, mas que autorizou nossa reportagem fazer imagens do estrago provocado pelos criminosos.

Veja abaixo as fotos desta reportagem:

Reincidência Em menos de uma semana esta foi a segunda vez que presos conseguem escapar da delegacia de Campina Grande do Sul. Na madrugada do dia 23 (sexta-feira) um preso conseguiu fugir do local. O fugitivo tem aproximadamente 52 anos e estaria envolvido com roubo a cargas de caminhões e ônibus na BR-116. Não está descartada a possibilidade de uma ação externa, já que segundo informações repassadas ao Linkada News, o preso disse estar ligado ao PCC (Primeiro Comando da Capital).

Na madrugada de ontem (28) uma tentativa de fuga foi notada pelo professor Maykon Souza, que mora ao lado da delegacia. Ele conta que percebeu uma agitação anormal de presos no local. “O alarme da delegacia disparou e meus cachorros ficaram agitados. Ouvi ainda batidas na parede da delegacia”, relatou.

Superlotação

Não é de hoje que a superlotação de presos vem sendo um problema na delegacia. Atualmente, a unidade policial abriga aproximadamente 30 detentos, quase cinco vezes mais que sua capacidade, que é de oito pessoas.

(Fotos: Adilson Santos)


1/1

1/1

1/1

1/1

1/1

1/7

1/5

1/6