495450580893305
 
  • Linkada News

Após recesso, vereadores retornam ao trabalho na Câmara de Colombo



Após recesso, Vereadores retornam ao trabalho na Câmara de Colombo

Após um breve recesso de 15 dias, a Câmara de Vereadores de Colombo retornou nessa terça-feira (4) as Sessões Ordinárias na Casa. Durante o recesso, todas as atividades administrativas da Câmara ocorreram normalmente, bem como o atendimento à população e as visitas realizadas pelos vereadores em diversas localidades, para acompanhar o cotidiano do município.

A primeira Sessão deste semestre foi marcada com a presença do secretário municipal de Agricultura, Márcio Toniolo, que fez uso da Tribuna Livre para divulgar os avanços da Agricultura no Município. Os vereadores também votaram projetos do Executivo Municipal. Na ocasião, algumas indicações e tês projetos de Lei de autoria dos vereadores Hélio Feitosa de Lima e Alan Henrique da Silva( Alan Tatoo), foram divulgados.

  • Vereador Alan Tatto(PMDB) – Projeto de Lei do Legislativo N°: 764 Ano: 2015

– Dispõe sobre oficialização do dia municipal do motociclismo

  • Vereador Hélio Feitosa de Lima(PSC) – Projeto de Lei do Legislativo N°: 762 Ano: 2015

– Declara o Culto Evangélico como patrimônio imaterial do município de Colombo.

  • Vereador Hélio Feitosa(PSC) – Projeto de Lei do Legislativo N°: 763 Ano: 2015

– Cria a plataforma virtual para acompanhamento das obras da Prefeitura do município de Colombo.

O Secretário Márcio Toniolo, após o seu pronunciamento, recebeu elogios pelo trabalho que vem realizando. “O Secretário Márcio Toniolo,está de parabéns por conduzir tão bem e com muita dedicação e competência as ações da agricultura em nosso Municipio”, disse o vereador Sérgio Pinheiro.

Para o presidente da Câmara, professor e vereador Waldirlei Bueno, as metas para o setor da agricultura estão sendo alcançadas dia após dia. ” Os resultados alcançados até aqui pela Secretaria da Agricultura, é fruto da atenção e do trabalho sério que a prefeita Beti Pavin e o secretário vem realizando com os nossos agricultores”, destaca Waldirlei.

(Foto: Luis Linkada)


1/1